A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/04/2014 09:22

Milionário compraria todas as casas e ainda ficaria com R$ 10 milhões

Aliny Mary Dias, enviada especial a Figueirão
Cidade de novo milionário do país tem 1,1 mil casas (Foto: Cleber Gellio)Cidade de novo milionário do país tem 1,1 mil casas (Foto: Cleber Gellio)

Milionário aos 70 anos, o agricultor Nola Menegussi, ganhador do prêmio de R$ 37,6 milhões da Mega-Sena, pode ser “o dono” de Figueirão, cidade onde vive há 10 anos. Com o prêmio, o sortudo pode comprar todas as 1,1 mil casas do município e ainda ficar com R$ 10,1 milhões de "troco" na conta bancária.

Com população de 2,9 mil habitantes segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a cidade tem casas avaliadas em R$ 25 mil em média.

Além das casas, o município emancipado há 10 anos tem outras 500 propriedades rurais. O orçamento da Prefeitura para o ano de 2014 está estimado em R$ 15 milhões e, em outra simulação, o agricultou poderia manter a cidade por dois anos e ainda ficaria com R$ 7,6 milhões para os afazeres privados.

O prefeito Neilo Cunha (PMDB) afirma que Figueirão, distante 226 quilômetros de Campo Grande, precisa de R$ 10 milhões para deixar o município em ordem. O valor seria investido na recuperação de estradas e asfaltamento de todas as ruas da cidade.

Prefeito crê em desenvolvimento para município (Foto: Cleber Gellio)Prefeito crê em desenvolvimento para município (Foto: Cleber Gellio)

Com um novo milionário do país na cidade, Cunha acredita que o município irá evoluir e crescer. “Nós esperamos que ele possa investir na nossa cidade e gerar emprego e renda, estamos tentando há um tempo trazer pequenas indústrias para cá, quem sabe essa seja uma oportunidade”, conta o prefeito que pretende ter uma conversa com o agricultor assim que a “ficha dele cair”.

Além de pensar no progresso que a fama do novo milionário trará para Figueirão, o prefeito brinca ao fazer uma simulação. “Se ele repartisse o prêmio com todos os moradores daria R$ 12 mil para cada um, seria um bom dinheiro”, diz.

Ele poderia comprar 1.076 carros novos, quatro vezes mais que a frota total de veículos no município. De acordo com o IBGE, o município conta com 228 automóveis, 174 caminhonetes e 266 motocicletas.

Segurança – Com a nova movimentação na pacata cidade com todas as características tradicionais de interior, a segurança é a primeira preocupação da prefeitura. Com um efetivo de 4 policiais militares, Cunha não descarta a possibilidade de pedir reforço policial de Costa Rica, cidade próxima de Figueirão, caso o ganhador volte em breve para o município.

“Nós oferecemos policiais para acompanhá-lo até a Caixa Econômica em Campo Grande, mas ele não quis. Nós vamos avaliar e podemos pedir sim mais policiais para a cidade”, diz o prefeito.

Milionário - Conforme relato de testemunhas, Nola, que é separado, mora sozinho em um sitio a 10 quilômetros da cidade e andava a pé, não acreditou e pediu a um segundo conhecido checar o bilhete. Ao ter a confirmação de que era o sortudo do ano na cidade, ele bateu com as duas mãos na mesa e gritou: “sou milionário”. Feliz, ele prometeu gratificar o segundo conferente com o R$ 500 mil, valor equivalente a um prêmio da loteria.

Após saber da nova condição financeira, Nola foi encaminhado por um dos donos da lotérica e pelo irmão a viajar até Campo Grande para ser orientado por equipes da Caixa Econômica Federal. O ganhador ficou cerca de 2 horas no prédio do banco e foi embora por uma saída exclusiva, longe dos curiosos.

Lotérica onde a aposta milionária foi feita (Foto: Cleber Gellio)Lotérica onde a aposta milionária foi feita (Foto: Cleber Gellio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions