A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/11/2009 12:42

Militares mortos no Pantanal tinham bom conceito físico

Redação

Os militares do Exército que morreram ontem após passar mal durante treinamento no Pantanal haviam sido submetidos e aprovados em três exames físicos neste ano.

Segundo o comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, general-de-brigada Roberto Jungthon, que concedeu entrevista coletiva hoje de manhã, somente os laudos poderão determinar a causa das mortes do cabo Diego Augusto de Lima Leite e o soldado Antônio José dos Santos Neto, ambos de 21 anos.

Eles passaram mal por volta das 12h30 de ontem durante treinamento na região do Rabicho, área do Comando do 6º Distrito Naval de Ladário. Conforme o comandante, eles tiveram parada cardiorespiratória.

No entanto, segundo Jungthon, são feitas avaliações físicas anuais. Os jovens foram submetidos a três inspeções regulares de saúde. "Só este ano passaram por três testes de aptidão física. O cabo Lima Leite teve conceito bom nesses testes e o soldado Antônio José teve conceito muito bom", afirmou, descartando problemas médicos anteriores.

Laudos - Eles tiveram uma parada cardíaca e foram atendidos por equipes médicas do Exérciot. O cabo Lima, que apresentava quadro mais grave, foi transferido de helicóptero acompanhado de um médico A aeronave só tinha duas vagas. O soldado foi transferido de voadeira para o hospital. Eles morreram apesar das tentativas de reanimação da equipe médica.

Outros dois militares passaram mal, os soldados Victor Hugo Serrudo de Cabrera e Izan Eduardo da Silva Filho. O primeiro continua internado no CTI (Centro de Terapia Intensivo) do Hospital de Caridade de Corumbá. O Exército prevê que ele deverá deixar a unidade de terapia ainda hoje. Já o soldado Izan foi medicado e ficou em observação, sendo liberado na quinta-feira.

"Temos algumas hipóteses, mas sem dispormos dos laudos periciais é prematuro", afirmou o comandante, acompanhado do chefe do Estado Maior do Comando Militar do Oeste, general-de-brigada Paulo Roberto Ferreira Viana. O objetivo é saber o que causou a parada cardíaca.

Numa coletiva que durou cerca de 40 minutos, o general Jungthon fez um relato do Estágio Básico de Combatentes no Pantanal

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions