A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

19/12/2017 11:03

Ministério Público vai pagar auxílio-transporte de R$ 968 a R$ 2 mil

Os pagamentos serão retroativos a 10 de maio de 2017, quando foi publicada a lei alterando a legislação de 2011

Aline dos Santos
MP/MS regulamentou ajuda de custos para despesas com transportes. (Foto: Paulo Francis)MP/MS regulamentou ajuda de custos para despesas com transportes. (Foto: Paulo Francis)

Mais um auxílio entra no rol de pagamentos do MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). Publicada nesta terça-feira (dia 19), a Resolução 33/2017 regulamenta o auxílio-transporte para membros, servidores ativos e de outros órgãos que estejam à disposição do Ministério Público. O valor varia de R$ 968 a R$ 2.132.

Conforme o documento, o pagamento da ajuda de custa para despesas com transporte é prevista na Lei Estadual 4.134/2011, que ganhou nova redação em maio deste ano. Antes da mudança, poderia ser concedida aos servidores ativos a ajuda para custeio de transporte, em determinadas situações de exercício.

Com a alteração aprovada neste ano, a ajuda de custo para despesa com transporte poderá ser paga aos servidores efetivos em atividade na instituição, “podendo ser estendida aos membros do Ministério Público por ato do Procurador-Geral de Justiça”.

O Ministério Público regulamentou que o auxílio será destinado a custeio de despesas de locomoção de todos os servidores ativos, desde que se encontrem no efetivo exercício das atividades do cargo.

Os servidores de outros órgãos e entidades à disposição do Ministério Público também farão jus ao
benefício, desde que apresentem declaração emitida pelo órgão de origem certificando que não recebem benefício similar. O valor do auxílio-transporte para os servidores é de R$ 968.

O procurador-geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos, estendeu o pagamento do auxílio-transporte aos membros do Ministério Público, estipulado no importe de 7% do valor do subsídio. Considerando as tabelas remuneratórias, disponíveis no Portal da Transparência, o auxílio pode chegar a R$ 2.132, no caso de procurador com subsídio de R$ 30.471,11.

Os pagamentos serão retroativos a 10 de maio de 2017, quando foi publicada a lei alterando a legislação de 2011.

De acordo com o Ministério Público, o auxílio-transporte, concedido em pecúnia, tem caráter indenizatório e não se incorpora ao vencimento, remuneração, proventos ou pensão, não integra a base de cálculo para concessão de qualquer outra vantagem pecuniária e não configura rendimento tributável.

O auxílio não será pago em casos como falta injustificada, licenças, férias e se houver uso de veículo oficial para deslocamento ao trabalho. O depósito será em conta corrente até o dia primeiro do mês.

Ministério abre consulta sobre Plano Nacional de Segurança Pública
O Ministério da Segurança Pública lançou hoje (19) uma consulta pública sobre o plano nacional do setor. O documento, intitulado Plano Nacional de Se...
Com 3 chances na semana, amanhã a Mega-Sena pode pagar até R$ 17 milhões
Excepcionalmente nesta semana em que a Mega-Sena terá três sorteios, amanhã (20) a bolada a ser sorteada é de R$ 17 milhões para quem acertar as seis...


Viva ao nosso BRASIL!!! Que fase... de onde vem tanta grana???
e para nossa saúde para o povo falta muito.
 
Clebe PL em 19/12/2017 11:41:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions