A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/10/2013 20:24

Ministro da Fazenda garante verba para investimentos em MS

Zana Zaidan

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje (15) que o Governo aumentará o volume de recursos destinados a Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso por meio do FDCO (Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste) e FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste).

O compromisso de Mantega foi firmado durante reunião com os senadores da região, entre eles os três que representam Mato Grosso do Sul: Waldemir Moka (PMDB), Delcídio Amaral (PT) e Ruben Figueiró (PSDB).

De acordo com Moka, que participou da audiência, o ministro ouviu as demandas de cada Estado e assegurou que elas deverão ser atendidas até o final do ano. “O ministro ouviu muitas reclamações sobre a falta de dinheiro para financiar projetos nesses Estados, em especial em Mato Grosso do Sul”, observa Moka.

No início de outubro, o senador e a secretária de Estado da Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa, reuniram-se com o superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, Marco Túlio Moraes, para discutir a liberação de mais dinheiro para o Estado.

De acordo com Moka, Mato Grosso do Sul teve garantido R$ 1,2 bilhão para investimentos em projetos nas áreas empresarial e rural, o equivalente a 23% da dotação destinada ao Centro-Oeste em 2013. Desse total, cerca de R$ 800 milhões já foram aplicados, distribuídos em mais de 4,7 mil operações.

Os R$ 400 milhões restantes não atendem às necessidades de investimentos, cuja demanda já soma R$ 650 milhões em 337 operações aprovadas. O senador argumentou ao ministro que o Estado precisa de ao menos mais R$ 250 milhões adicionais para os projetos.

Mantega garantiu aos senadores que a destinação de novos recursos para os três Estados da região deverá alcançar R$ 1,8 bilhão, distribuído proporcionalmente. O ministro também sinalizou que irá redistribuir os recursos destinados e não utilizados pelo Distrito Federal, estimados em R$ 400 milhões.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions