A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

29/09/2009 22:32

Ministro do STF diz que PEC dos cartórios é retrocesso

Redação

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), Gilmar Mendes, disse que a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que efetiva sem concurso público cerca de 5 mil titulares de cartórios é um retrocesso. A votação aconteceria hoje na Câmara dos Deputados, mas acabou sendo adiada.

Segundo Gilmar, "falta profissionalização dos cartórios". O ministro afirmou que a CNJ se esforçou em mudar esse cenário e assim garantir um maior dinamismo nas atividades dos cartórios.

Em Mato Grosso do Sul, por determinação do CNJ, foi realizado um concurso em julho. Dois meses após a realização das provas, a comissão organizadora do III Concurso Público de Ingresso ao Exercício nas Atividades Notariais e de Registros ainda não conseguiu julgar os recursos e dar prosseguimento à correção dos gabaritos.

Segundo o diretor da Secretaria de Corregedoria do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Ary da Cruz Vieira, a previsão para a conclusão do certame é de 60 dias.

O processo prevê o ingresso de 40 cartorários no Estado. Outros 20 serão preenchidos pelo critério de remoção. Alguns cargos deveriam ser preenchidos há décadas por meio de concurso público.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions