A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/08/2013 08:32

Moradora do Coophasul cria blog sobre o bairro e “bota a boca no trombone”

Elverson Cardozo
Moradora do bairro há 12 anos, Rosalice encontrou na internet uma forma de comunicação alternativa. (Foto: Arquivo Pessoal)Moradora do bairro há 12 anos, Rosalice encontrou na internet uma forma de comunicação alternativa. (Foto: Arquivo Pessoal)

Moradora do Coophasul, em Campo Grande, há mais ou menos 12 anos, Rosalice Giordano Teixeira Machado, de 47 anos, nunca se contentou com os problemas enfrentados por moradores do bairro onde reside. Por vezes, chegou a pedir ajuda da imprensa, mas, em poucas situações, diz ter sido ouvida. Cansada, ela resolveu criar, há cerca de dois anos, um blog. Hoje, na internet, a mulher “bota a boca no trombone”.

Doa a quem doer. Rosalice fala de tudo que acha errado. Na última postagem, no dia 3 de julho, o tema foi um imóvel construído na esquina de duas ruas, que está impedido a passagem de acesso a outro bairro.

O “muro da vergonha” foi outra foi outra pauta encontrada pela moradora. O obstáculo que, segundo relatos, está impedindo a visibilidade de motoristas, foi construído na esquina da Euler de Azevedo com a Cotegipe, na entrada do Coophasul.

A falta de acessibilidade também já virou assunto para as “reportagens” produzidas por Rosalice. “Nesta manhã, voltando da escola de minha filha, resolvi tirar uma foto desta calçada na Amazonas, entre a Elias Nasser e a Pedro Celestino, para mostrar minha indignação com a falta de acessibilidade”, escreveu ela, em um texto também do dia 30, onde comenta que, no local, foram colocadas manilhas, que estavam obrigando os pedestres a andar pela rua.

Moradora fotografou manilhas que ficaram na calçada. (Foto: Divulgação)Moradora fotografou manilhas que ficaram na calçada. (Foto: Divulgação)

Apesar da denúncia, a moradora não poupou a bronca: “Antes que digam que a culpa é da atual administração, quero lembrar que há uns dois anos, todos os moradores da minha região foram notificados a adequar suas calçadas, visando melhor acessibilidade, caso contrário, seriam multados. Pelo visto, creio que as aves que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá”.

A intenção do trabalho, diz ela, “não é só falar que o poder público não faz nada”, mas mostrar que, em algumas situações, as reivindicações também não chegam aos gestores.

A blogueira comenta isso com segurança porque tem experiência e sabe do que está falando. Rosalina é assessora parlamentar. Trabalha há 4 anos e meio no gabinete do vereador Paulo Siufi (PMDB) e vê de perto as reclamações, mas também a falta de iniciativa.

Mas ela reconhece que, por trabalhar com político e ter “contatos de peso”, o problema, muitas vezes, é visto e a solução aparece. Prova disso é a instalação de um semáforo no cruzamento da rua Cotegipe com a avenida Euller de Azevedo.

“Fizemos um abaixo-assinado primeiro. Instalaram um radar, mas os moradores acharam que não estava funcionando. Pedimos um semáforo e, no final do ano, colocaram para a gente”, contou.

Na avaliação de Rosalina, se um “morador comum” fizesse o pedido à Prefeitura, a demanda, talvez, não seria aceita. “O assessor só consegue alguma coisa porque fala em nome do vereador. Uma simples pessoa não vai conseguir. A gente tem contatos”, explicou.

Apesar das influências, a assessora, que cogita fazer faculdade de jornalismo, diz que, como blogueira, não tem compromisso político com o vereador para quem trabalha e, por isso, o que posta é a opinião pessoal, as reivindicações da comunidade. Como asessora parlamentar, no gabinete, no desempenho de sua função, é outra história, ressaltou.

“Eu consigo bastante coisas para a região, mas não sei se é exatamente porque divulgo no meu blog. Eu faço a indicação na Câmara e escrevo”, disse, ao lembrar que a ferramenta é um meio de comunicação alternativo. “Se um dia deixar de ser assessora, pelo menos tenho isso”, finalizou.

O blog de Rosalice Teixeira, leva o nome dela. A página, segundo a blogueira, tem uma média de 70 acessos diários. De seguidores, são apenas 6 internautas.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Parabéns pela iniciativa, o que mais precisamos é de pessoas que tenham força de vontade e que buscam melhorias para o nosso bairro, muito fácil criticar trabalhos dos outros e sem ao menos buscar informações sobre problemas e as melhorias que são feitas no mesmo.
 
Karen Teixeira em 05/08/2013 11:29:09
Moro no mesmo bairro e realmente tudo que foi realçado pela senhora é de incomodar. Sendo assessora de alguém ou não é válido.
 
Leticia alves em 05/08/2013 10:27:20
Assessora de vereador...ta explicado! Creio eu que ela RECEBE pra isso mesmo. Ficar fazendo publicidade das obrigações não ta certo...Acho até que ta aumentando as coisas.
 
Emerson Acosta em 05/08/2013 10:18:43
Moro no bairro vilasboas e gostaria que tivesse alguém preocupado com a comunidade,parabéns Doralice o importante e o que você esta fazendo levando beneficio para sua comunidade invejosos sempre vai aparecer .
 
Jaime Clementino de Aguiar em 05/08/2013 09:22:06
Bom Maria Alice, ouso discordar de você... moro na Coophasul desde 1985 e nunca vi lugar mais tranquilo para se morar; nunca fui vítima de assalto ou furto, ou qualquer outro ato deste gênero... quanto à falta de atenção da polícia, isto não é privilégio deste bairro... Os bairros vizinhos realmente são complicados em relação aos problemas que vc pontuou, mas na Coophasul, que é uma vila delimitada estes problemas são raros...
 
Flavia Ribas em 05/08/2013 08:41:58
Que bom né Sr Milton, porque não faz o mesmo ??? precisamos de pessoas com boas intenções como a sua para auxiliar o prefeito, se tem interesse, porque não se candidata também. Parabéns Sra Rosa, e lembrem se de que o silêncio dos bons faz mais estrago que o barulho dos maus.
 
juraci montanha em 05/08/2013 08:23:22
Conheço a Rosalice e sem dúvida é uma pessoa de iniciativa, sempre correndo atrás de soluções para os problemas da região, perdi as contas de quantas vezes ela me procurou pedindo algum tipo de apoio para algum de seus projetos. Vejo comentários de pessoas que dizem que nunca a viram nessa região, acho que essas pessoas é que não moram por aqui; outros criticando... são os velhos acomodados que já se acostumaram a baixar a cabeça diante dos problemas e não tomam atitude alguma, zero de cidadania. Parabéns pelo blog, com certeza vou acessa-lo para compartilhar suas idéias.
 
ALESSANDRO FARIAS ROSPIDE em 05/08/2013 07:58:42
no bairro coophasul, nossa senhora das graças, azaléia, nasser esta um verdadeiro reduto de usuários de droga e assaltos p roubar celular dos jovens, tem um posto da PM na praça mas não resolve nada, pedir ajuda p eles é igual pedir aos políticos.
 
maria alice em 05/08/2013 07:29:59
TALVEZ FUTURAMENTE TENHA INTENÇÃO DE SER VEREADORA, POIS É CLARO QUE AS BENFEITORIAS QUE CONSEGUEM PARA SEU BAIRRO É PORQUE É ASSESSORA DE UM VEREADOR!!!!!!! É CLARO QUE UM CIDADÃO COMUM NÃO CONSEGUE NADA, ISSO ELA NÃO PRECISA NEM FALAR!!!!! NÃO DUVIDO NADA QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ELA SAIA CANDIDATA A VEREADORA, POIS É ISSO QUE SEMPRE ACONTECE, AFINAL O EMPREGO DE ASSESSORA PODE DURAR SOMENTE QUATRO ANOS E DEPOIS O QUE ELA VAI FAZER!!!!!!!!!
 
Milton Martins em 05/08/2013 06:55:17
Engraçado... A primeira reação das pessoas é criticar, seja o que for... Nada é bom... Esta senhora criou um blog que pode ser um veículo para que os moradores possam expor e reclamar de seus problemas, e assim, trazer melhorias para seu bairro. Então, o mínimo que todos deveriam fazer é apoiar a iniciativa e não criticar!!!
 
Icaro Sen em 04/08/2013 17:40:32
Parabéns pela iniciativa. Cada bairro deveria criar esse mecanismo de luta e reivindicação.
 
Álvaro José em 04/08/2013 16:30:49
gostei dessa senhora espero que saia vereadora na próxima será minha candidata alem de minha musa.
 
francisco manoel em 04/08/2013 11:18:02
Moro neste bairro há anos e nunca vi esta pessoa pela comunidade.
 
raimunda nantes barbosa em 04/08/2013 11:15:53
Conheço a Rosalice a muitos anos, e realmente ela não mede esforços para trazer benefícios p/ Coophasul e região, e quem diz que desconhece seu trabalho, e por que não conhece seus problemas e suas necessidades da região da grande Nasser.
 
rosa maria em 04/08/2013 10:59:13
conheço a Rosalice a muitos anos, e realmente ela não mede esforços para trazer benefícios para Coophasul e Região e se alguém diz que desconhece o seu trabalho, é por que não conhece os problemas e as necessidades da Região da grande Nasser.
 
rosa maria em 04/08/2013 10:51:31
Sou morador da região e sinceramente não sei oque esta sra conseguiu para nossa região até o momento.
É um bairro simples... ótimo de se morar...
Acredito que ela deveria morar em Londres e não na Coophasul.
 
Walter Junior em 04/08/2013 10:21:02
acho que eu fui pioneiro em fazer fan page no facebook criei a pagina do meu bairro e já faz tempo (jardimcarioca)....
 
luiz carlos em 04/08/2013 10:07:15
existem construções mais eficientes e que não interferem na passagem de pedestres para o caso registrado pela foto. A questão é apenas se existe vontade de se resolver a situação.

 
helena cisotto em 04/08/2013 10:04:46
Essas manilhas existem porque no passado já caiu um carro nesse terreno da pedreira e morreu o motorista, reflita sobre o que vê antes de criticar.
 
daniel duraes em 04/08/2013 09:49:46
Vamos adotar essa idéia também.
 
sales santos em 04/08/2013 08:52:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions