A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/10/2009 11:17

Moradores são surpreendidos com conta de água de R$ 279

Redação

Moradores do residencial Sebastião D'Ávila, no Jardim Montevidéu, saída para Cuiabá, foram surpreendidos este mês com faturas exorbitantes de água.

Famílias que pagavam menos de R$ 20,00 antes de serem removidas do Taquaral Bosque por conta de uma cratera que colocava as casas em risco, agora receberam contas de quase R$ 280,00.

Foi o caso de Aidacir Vargas de Freitas. Ela mostra faturas recebidas na casa do Taquaral Bosque, de R$ 14,00 e R$ 16,00 e a nova, com vencimento em outubro, de R$ 279,82.

"Eu acho que eles estão me cobrando todo consumo para eu não precisar pagar conta de água no ano que vem", ironizou. Na conta a taxa de instalação do relógio, de R$ 37,93, é cobrada em duplicidade e o restante é atribuído a consumo, sem especificação.

Aidacir lembra que na casa em que estava anteriormente moravam com ela o filho e sua família e que agora está sozinha e o filho mora na casa ao lado.

A aposentada Zaira Silveira Ferreira conta que na primeira conta pagou R$ 37,93, da taxa de instalação do relógio e que no segundo mês a fatura veio de R$ 122,41, sendo R$ 84,48 de consumo e o restante da taxa.

Luana Tavares Machado, 19 anos, mora com o esposo e o filho recém-nascido. Ela diz que recebeu fatura de R$ 90,00 o dobro do valor que paga pela prestação da casa.

Outra moradora, Marta da Silva Lima, afirmou que recebeu faturas corrigidas após reclamar junto a concessionária. No local moram 28 famílias e várias reclamam dos valores exorbitantes.

A Águas Guariroba analisou a situação de uma das moradoras e explicou que todos pagam taxa de R$ 113,78 cobrada para ligação na rede água em ruas sem pavimentação. Alguns optaram pelo parcelamento na fatura.

A concessionária constatou que o consumo da cliente está muito elevado, passou de 6 m³ a 95 m³, o que pode indicar que há algum vazamento interno. Segundo a empresa, em casos em que há variação brusca o consumidor pode solicitar uma vistoria através do telefone 0800-6724827.

Segundo os moradores, há famílias que receberam também faturas de luz com valores muito elevados. A Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) informou que sem o número da matrícula do cliente não tem como avaliar a situação e que o consumidor que achar que a cobrança está acima do consumo deve acionar a empresa e solicitar uma releitura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions