A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/06/2010 13:06

MPE denuncia Uemura e funcionário por agiotagem

Redação

A 1ª Vara Criminal de Dourados recebeu denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) contra o empresário Sizuo Uemura e seu funcionário Ernani Roberto de Assis, pelos crimes de agiotagem, sequestro e formação de quadrilha armada.

Os dois foram presos pela Operação Owari, desencadeada pela Polícia Federal, em julho do ano passado, mas foram soltos. Uemura estava entre as 42 pessoas presas pela PF na Operação Owari (ponto final, em japonês).

A família Uemura foi acusada de manter esquema de fraude em licitações para controlar serviços públicos em vários setores por diversos anos. Na operação criminosa, os Uemura contavam com o apoio de servidores e políticos.

Já Ernani Assis, conhecido como Polaco, ficou nove dias preso por ter sido detido com várias armas de fogo e munições de uso permitido e restrito. Até o final do ano passado, 28 das 73 indiciadas pela Polícia Federal foram denunciadas ao MPE.

A 1ª Vara Criminal de Dourados é presidida pela juíza Dileta Terezinha Souza Thomaz, que decretou as prisões à época da Owari.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions