A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

30/06/2010 16:43

MPE designa promotores para acompanhar caso de Mayana

Redação

Os promotores de justiça Luciana do Amaral Nagib Jorge e Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos foram designados pelo procurador-geral de Justiça Paulo Alberto de Oliveira para acompanharem as investigações do caso Mayana, sobre a menina de 23 anos morta após ser vítima de um racha na Avenida Afonso Pena.

Em nota, o MPE (Ministério Público Estadual) afirma que, após análise das provas, os autores serão acusados de homicídio doloso.

Os promotores de justiça vão acompanhar o inquérito policial para garantir que haja a acusação de homicídio doloso em virtude da alta velocidade intencionalmente praticada pelos acusados.

Na manhã desta quarta, Anderson de Souza Moreno, vulgo "Fuscão", de 19 anos, prestou depoimento na 1ª Delegacia de Polícia e admitiu ter bebido na noite em que Mayana de Almeida Duarte foi atingida pelo carro dele.

Anderson negou que participava de racha com Willian Jhonny de Souza Ferreira, de 25 anos, e que o sinal no cruzamento da Avenida Afonso Pena com Rua José Antônio estava aberto para ele, alegando que foi Mayana quem avançou o sinal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions