A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/04/2010 09:55

MPE investiga maternidade acusada de forçar parto normal

Redação

O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito civil para investigar denúncia contra a maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande. No mês passado, o tecnólogo ambiental Maximiliano Schadler, de 33 anos, acionou o Ministério Público após ter que pagar R$ 3.300 para que sua esposa, Mirian Kelly dos Santos, de 30 anos, fizesse parto cesárea. O caso foi denunciado em matéria do Campo Grande News.

Após a gestante enfrentar 18 horas de trabalho de parto, a cesariana só foi feita quando Maximiliano desistiu do atendimento do SUS (Sistema

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions