A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

15/01/2018 21:58

MS contratou 4,5 mil servidores concursados nos últimos três anos

Nyelder Rodrigues

Nos últimos três anos, a 4.553 novos servidores foram convocados pela administração pública estadual, conforme números divulgados via assessoria de imprensa pelo secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, nesta segunda-feira (15).

As áreas beneficiadas são as diversas, na tentativa de minimizar a defici~encia do quadro funcional do Executivo. Só na área da Educação, 1.743 novos profissionais foram incorporados ao quadro de servidores efetivos.

Além de 578 servidores administrativos, foram convocados 147 professores de Artes, 121 na área de Ciências Biológicas, 99 professores de Educação Física, um professor de Filosofia e 182 docentes de Geografia,

Completam a lista 20 professores de Língua Espanhola, 54 docentes em Língua Inglesa, 439 professores de Língua Portuguesa, dois professores de Química, três docentes em Sociologia e 97 professores de História.

Já na segurança pública, área sensível da gestão pública, o número é ainda maior. Além dos 26 investigadores e 194 peritos papiloscopistas, o Governo convocou 164 novos bombeiros militares e 920 novos policiais militares para patrulharem as ruas de Mato Grosso do Sul.

No Detran (Departamento Estadual de Trânsito), 165 servidores foram convocados para fazer parte do quadro funcional. No quadro de Agentes Penitenciários, 310 novos profissionais foram convocados para o quadro permanente.

"É diretriz do governador apertar o cinto nos contratos e convênios e priorizar o servidor público. E é com base nessa determinação que estamos preenchendo alguns gargalos da administração, no que se refere ao quadro funcional, especialmente nas áreas prioritárias, sempre com planejamento e responsabilidade", frisa Assis.

O secretário ainda completa que "com essa postura, o Governo busca inverter o cenário encontrado no quadro de servidores para garantir que 80% do quadro funcional seja de servidores efetivos", finaliza.

Outro setor que ganhou novos servidores foi a saúde pública. Para atuar no HR (Hospital Regional) da Capital, 391 novos profissionais foram convocados para o quadro de funcionários efetivos da Fundação de Serviços de Saúde.

Na especialidade Medicina, foram convocados 5 cirurgiões-gerais, 6 ginecologistas e obstetrícia, 8 intensivistas adulto, 2 neurologistas, 5 pediatras, 3 cardiologistas, 1 cardiologista pediátrico, 1 coloproctologista, 1 cirurgião de cabeça e pescoço, 3 cirurgiões pediátrico e 1 cirurgião torácico.

Completam a lista de médicos 2 hematologistas e hemoterapia, 2 intensivistas pediátricos, 36 médicos de medicina de urgência, 1 neonatologista, 1 neurologista pediátrico, 2 oftalmologistas, 2 cancerologistas pediátricos e 1 cancerologista clínico e 02 médicos radiologistas com ultrassonografia.

Para trabalhar diretamente na arrecadação estadual, foram convocados 73 auditores fiscais da Receita Estadual (antigos fiscais de rendas) e 147 fiscais tributários estaduais (antigo agente tributário), por meio da Sefaz.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions