A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/03/2016 16:32

MS registra 4,8 mil novos casos suspeitos de dengue em sete dias

Michel Faustino
Larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, zika e chikungunya. (Foto: Marcos Ermínio/ Arquivo)Larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, zika e chikungunya. (Foto: Marcos Ermínio/ Arquivo)

Mato Grosso do Sul teve 4.843 novos casos de dengue notificados em uma semana, conforme dados do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (09) pela SES (Secretaria Estadual de Saúde). Conforme os dados, dos 79 municípios do Estado, 61 apresentam alta incidência da doença. Sete óbitos foram registrados somente este ano.

O levantamento feito entre os dias 28 de fevereiro a 05 de março revela que o número de casos notificados em Mato Grosso do Sul passou de 31.209 para 36.052, o que representa um aumento de 4,8 mil casos, em comparação com boletim anterior.

Os dados são preocupantes tendo em vista que, além dos números crescentes, mais dois municípios (Maracajú e Coronel Sapucaia) entraram na lista de cidades com alta incidência da doença, ou seja, com mais de 300 mil casos notificados por 100 mil habitantes. Com isso, o número de municípios na zona vermelha passou de 59 para 61.

Outros 15 municípios estão na chamada zona amarela, onde a incidência é de 100 a 300 casos por 100 mil habitantes. Apenas três municípios (Japorã, Taquarussu e Inocência) estão na zona verde, ou seja, abaixo de 100 casos por 100 mil habitantes.

O município com maior incidência de notificações em relação ao número de habitantes é Alcinópolis, seguido por São Gabriel do Oeste e Deodápolis. A capital ocupa a oitava posição, quatro à frente da última divulgação da SES.

Somente nos dois primeiros meses de 2016, o Estado já registrou 67% de casos suspeitos registrados durante todo o ano passado, quando foram notificados 46.070 casos, e mais que o triplo do que foi registrado durante todo o ano de 2014, com 9.256 casos notificados.

Em Campo Grande, 18.058 casos de dengue foram notificados em apenas 68 dias e ultrapassa o total registrado em 2015, conforme dados da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Apenas nos oito primeiros dias do mês de março deste ano foram registrados 612 casos suspeitos de dengue. O boletim epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), divulgado hoje (9), apontou ainda que em um período de 12 dias, entre os dias 27 de fevereiro e 8 de março, foram 3.232 casos notificados na Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions