A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/03/2016 15:33

Saúde confirma mais duas mortes por dengue em Dourados; MS já tem 7

Mulheres de 95 e 44 anos morreram nos dias 3 e 24 de fevereiro em Dourados, mas só hoje Vigilância Epidemiológica confirmou ligação com a dengue; casos foram informados há pouco ao Estado

Helio de Freitas, de Dourados

Sete pessoas já morreram neste ano por dengue em Mato Grosso do Sul. Além dos cinco que já tinham sido confirmados até hoje cedo, Mais duas mortes ocorreram em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Entretanto, esses casos não ainda apareciam na estatística da Secretaria Estadual de Saúde porque foram informados há pouco pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Dourados.

“Fizemos a investigação e somente agora à tarde tivemos a confirmação de mais duas mortes por dengue em Dourados”, informou ao Campo Grande News o diretor da Vigilância Epidemiológica, Devanildo de Souza.

Segundo ele, a primeira morte por dengue na cidade ocorreu no dia 2 de fevereiro. A vítima da doença foi uma mulher de 95 anos, moradora na Vila Ubiratã. No dia 17, um homem de 77 anos, residente no João Paulo II, também morreu em decorrência da dengue. Essa morte já aparecia nos números estaduais.

A outra vítima da dengue na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul neste ano foi uma mulher de 44 anos, moradora no Jardim Márcia. Ela morreu no dia 24 de fevereiro.

Mais mortes em MS – Hoje de manhã foi confirmado que Pedro Guilherme Teodoro, 24, morto no dia 24 de fevereiro, no HU (Hospital Universitário) de Campo Grande, tinha a forma mais grave da dengue.

Outras três pessoas morreram neste ano de dengue na Capital – uma mulher de 33 anos, no dia 25 de fevereiro, uma criança de oito anos, no dia 12 de janeiro, e de uma adolescente de 16, morta no dia seguinte.

Epidemia – De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica, de 1º de janeiro até agora existem 2.124 casos notificados de dengue em Dourados. Em dois meses o número já é quase 70% de todos os casos registrados em 12 meses de 2015 – 2.980.

Até agora são 895 casos confirmados de dengue neste ano na cidade. Também foram notificados 13 casos suspeitos de zica vírus e 12 de febre chikungunya, mas os resultados dos exames ainda não foram enviados pelo laboratório.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions