ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

MS tem a menor taxa de internações por doenças transmitidas pela água

Por Edivaldo Bitencourt | 29/11/2013 15:36
MS tem menor percentual entre todos os estados brasileiros (Foto: João Garrigó)
MS tem menor percentual entre todos os estados brasileiros (Foto: João Garrigó)

Mato Grosso do Sul teve o menor índice de internações em decorrência de doenças transmitidas pela água, segundo a SIS 2013 (Síntese dos Indicadores Sociais) divulgado hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Por outro lado, puxado pela dengue e leishmaniose, o percentual de internações hospitalares por inseto vetor é o 4º maior do País.

Conforme o instituto, a taxa de internação por doença transmitida através da água foi de 0,1 para cada grupo de 100 mil habitantes, o menor percentual do País entre os 27 estados brasileiros.

A taxa reflete o alto índice de água tratada oferecido pelas concessionárias do serviço no Estado e na Capital, respectivamente, Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) e Águas Guariroba.

Por outro lado, a epidemia de dengue, que já atingiu 100 mil pessoas só neste ano, e a Leishmaniose, que matou cerca de 20 pessoas, fizeram o Estado ter a 4ª maior incidência de internações causadas por doenças transmitidas por insetos. No ano passado, para cada grupo de 100 mil pessoas, 188,1 foram internados em MS, índice só inferior ao registrado em Roraíma (375,6), Rondônia (341,5) e Acre (212,4).

A taxa de doenças transmitidas por falta de higiene foi de 2 para cada grupo de 100 mil, o 7º menor percentual do País. Já a transmissão oral teve a taxa de 390,3/100 mil, o 14º maior no ranking nacional.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário