A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

05/12/2018 10:59

MS tem o 8º menor percentual de pessoas na linha de pobreza

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (5) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

Anahi Zurutuza
Dia chuvoso na antiga favela Cidade de Deus, que foi a maior de Campo Grande (Foto: Fernando Antunes)Dia chuvoso na antiga favela Cidade de Deus, que foi a maior de Campo Grande (Foto: Fernando Antunes)

Mato Grosso do Sul tem 8º menor percentual de pessoas na linha da pobreza. Em 2017, 18,9% da população no Estado recebia até US$ 5,5 por dia, valor de referência para a classificação. Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais, divulgados nesta quarta-feira (5) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com relação às inadequações nas condições de moradia, Mato Grosso do Sul tem 0,1% do total de pessoas vivendo em situação inadequada de banheiro – o 2º menor percentual dentre os Estados.

Os indicadores também mostram que 0,9% moram em locais com situação de inadequada de paredes externas, 4,7% em adensamento excessivo (domicílio que tem mais de três moradores para cada cômodo utilizado como dormitório), 4,7% em situação de ônus excessivo (quando o valor do aluguel iguala ou supera 30% do rendimento domiciliar).

Já com relação ao saneamento básico, 8,4% da população de Mato Grosso do Sul não tinha acesso à coleta direta ou indireta de lixo no ano passado, 11,6% não contava com abastecimento de água, 59,1% não tinha esgotamento sanitário por rede coletora ou pluvial e 60,2% da população contava com ao menos uma deficiência de acesso aos serviços de saneamento.

O Estado tem ainda 29,7% da população com restrição de acesso à educação, 10% com restrição de acesso à proteção social, 9,7% à moradia e 19,8% à internet. Em resumo, no ano passado, 15,2% dos que vivem nas cidades sul-mato-grossenses tinha ao menos três restrições dentre as citadas.

 

Por que a pobreza aumentou?
Segundo dados do IBGE, o número de brasileiros abaixo da linha da pobreza (os que vivem com até US$ 5,50 por dia, ou R$ 387,07 por mês) aumentou 9,1 ...
Redistribuição de renda não elimina a pobreza
Desigualdade não é pobreza! Dentro do imaginário coletivo, os conceitos de "pobreza" e "desigualdade" que se tornaram sinônimos: se há pobres é porqu...
Lições da pobreza dos outros
Em 2004, circulou um polêmico relatório feito pelo Fórum Econômico Mundial com a afirmação de que a estagnação da África foi a maior tragédia econômi...
IFMS divulga resultado da seleção para cursos técnicos integrados
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou o resultado preliminar do Exame de Seleção 2019, do processo seletivo para ingresso nos cur...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions