A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/10/2010 11:58

Multas triplicam em MS, mas acidentes não diminuem

Redação

O número de multas de trânsito aplicadas em Mato Grosso do Sul triplicou nos últimos cinco anos. Conforme os dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), o número passou de 8,5 mil para 24,9 mil, comparando o mês de setembro de 2005 e 2010.

Mesmo com o aumento nas multas, os dados mostram que a cobrança não inibe os motoristas, que continuam cometendo infrações e causando acidentes. Em 2007, registro mais antigo divulgado no site do Detran, o total de acidentes do ano inteiro foi de 610, sendo que neste ano, restando ainda três meses, o levantamento já registra número superior, 962 acidentes.

A frota também teve aumento, mas inferior ao de multas e acidentes. Enquanto o número de multas triplicou, o número de veículos não chegou a dobrar. No mês de setembro de 2005 haviam 599.484 veículos registrados, sendo que no mesmo mês em 2010, o estado tem 937.373.

Caráter Educativo - Para Ivanise Rotta, chefe de divisão de educação da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande), "a multa é educativa". "O objetivo da multa não é arrecadar dinheiro, mas trabalhar também os valores das pessoas". Ela exemplifica com a vida em família. "Quando castigamos um filhos, queremos ensiná-lo para que não faça novamente", disse a educadora.

No entanto, na prática nem sempre é isso o que acontece. Simone Maciel, 41 anos, afirmou já pagou diversas multas de trânsito. "Por velocidade acima da permitida já paguei multa umas três vezes. No dia a dia, por falta de atenção a gente acaba passando", disse ela. A condutora afirmou que "nos últimos tempos" não tem cometido infrações, por tomar mais cuidado ao dirigir.

Jonathan Balta, de 27 anos, afirma que na área urbana costuma tomar mais cuidado, mas na estrada já cometeu duas infrações com multa. "Já ultrapassei de moto onde não podia. Hoje não ultrapasso. Mas quanto à velocidade é mais complicado, o radar a gente não vê", disse o motorista.

Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions