A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/01/2010 15:58

Não há trabalho para preso em Dois Irmãos, diz defensora

Redação

A coordenadora do Núcleo Estadual de Atendimento ao Preso da Defensoria Pública, Elizabeth Fátima Costa, afirmou que não há trabalho para os cerca de 300 internos detidos no presídio de Dois Irmãos do Buriti, a 105 quilômetros da Capital. A Justiça determinou a soltura de todos os internos, que deveriam estar no regime semi-aberto, mas estão em cumprindo pena no sistema fechado.

O habeas corpus foi concedido pela 1ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) na terça-feira. Os desembargadores determinaram a soltura dos internos a pedido da Defensoria Pública.

Elizabeth explicou que os internos deveriam estar trabalhando e cumprindo pena no regime semi-aberto. No entanto, eles estão confinados num espaço para 240 internos no presídio e cumprindo pena em regime fechado.

O pedido da defensoria foi para que eles passem a cumprir prisão domiciliar. "A maioria estava sem trabalhar", comentou a defensora, explicando que apenas uma minoria estava trabalhando na unidade prisional.

Os presos foram transferidos porque a Colônia Penal Agrícola da Capital estava superlotada.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions