A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/12/2008 13:28

Nelsinho manda recado e diz que não deve nada ao PSDB

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), disse na manhã de hoje que "já cumpriu todos os seus compromissos políticos à risca" e que não deve nada a ninguém. A afirmação é um recado para o PSDB, que tenta garantir o apoio do prefeito para comandar a Câmara.

Na ocasião, Nelsinho negou qualquer negociação para que apoiar o tucano Cristóvão Silveira à presidência da Casa, conforme foi ventilado por setores da imprensa.

Disse ainda que não vai "se meter em um problema que é da Câmara". Segundo ele, uma pesquisa de opinião mostrou que o Executivo não deve se envolver com a eleição da nova Mesa.

"Não posso pedir voto para ninguém, ali é um processo democrático", afirmou.

O PSDB tem buscado apoio de Nelsinho com o argumento de que o partido do prefeito, o PMDB, já comanda o governo, a prefeitura e a Assembléia e tem de dividi-lo com os partidos aliados.

Na semana passada, o candidato do PSDB, Crisóvão Silveira, disse que Nelsinho deveria entrar nas discussões da eleição da Mesa nesta semana.

"O prefeito tem interesse nisso, é muito mais fácil administrar quando o presidente do Legislativo está em sintonia com o Executivo", observou, sem dizer qual das chapas receberia o apoio. "Espero que a minha", especulou.

Mesmo esperançoso de que o prefeito escolha ele para apoiar, Silveira disse não acreditar que alguém possa influenciar na opinião de Nelsinho.

"Ele tem cabeça independente", disse recentemente, lembrando que já pediu o apoio do prefeito.

Hoje, outro postulante ao cargo mais importante da Câmara, o vereador Paulo Siufi (PMDB), disse que não espera ver o prefeito envolvido com a eleição da Mesa.

"Se for assim eu nem entro aqui para almoçar com ele", disse o parlamentar, antes do almoço de Natal oferecido pela prefeitura no Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), no qual o Nelsinho compareceu.

"Acho que a Câmara tem de ser independente. Se for para o prefeito escolher o presidente da Casa, para quê existem os vereadores?", questionou.

Siufi está confiante quanto à eleição de sua chapa. Segundo o parlamentar, ele já tem garantidos doze votos, o suficiente para lhe dar o comando da Casa. Por outro lado, a chapa de oposição disse que já tem onze votos.

"Essa conta não está batendo, na Câmara não têm 23 vereadores", espetou, lembrando que não prometeu nenhum cargo aos vereadores que devem compor sua chapa.

"Só está definido no nome de quem será candidato à Presidência", declarou.

Fontes garantem que Nelsinho Trad participou ontem de uma reunião, na qual ficou definido o apoio dos 12 vereadores a Siufi. No entanto, o prefeito nega a informação, e reafirma seu posicionamento de isenção no processo.

Atual presidente da Câmara, o vereador Edil Albuquerque (PMDB) diz que está cumprindo determinação do prefeito de não se envolver na escolha de seu sucessor.

"Existem dois grupos, tem gente que eu convivo há anos, e eu seria tendencioso se optasse por um lado, por isso estou fora do processo", declarou.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions