A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/05/2015 12:17

Nove pessoas são indiciadas pelo furto de projetores do Rio de Janeiro

Filipe Prado e Luana Rodrigues
Os projetores são avaliados ente R$ 24 e R$ 36 milhões (Foto: Divulgação)Os projetores são avaliados ente R$ 24 e R$ 36 milhões (Foto: Divulgação)

Nove pessoas foram indiciadas por furtou projetores de cinema avaliados em R$ 24 milhões de um galpão no Rio de Janeiro, no dia 1º de fevereiro. De acordo com a delegada Ana Claudia Medina, titular da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado), o prejuízo pode chegar a R$ 36 milhões.

Medina revelou que dos nove indiciados, quatro estão presos em Campo Grande, sendo os irmãos Célio Andrade de Barcelos, 37 anos, e Luis César Andrade, 35, presos em Viana, Espírito Santo, além de Antônio Cláudio Barbosa, 38, preso em Cariacica (ES) e Carlos Santana Siqueira, 38. Os outros dois no Rio de Janeiro e três ainda estão foragidos.

O inquérito foi finalizado e encaminhado para a Justiça, mas o juiz encaminhou toda a investigação para a Polícia Civil do Rio de Janeiro, de onde os projetores foram furtados. “O juiz entendeu que a investigação deve ser feita no Rio, mas entendemos que deveria ser feito por aqui”, comentou a delegada.

Os projetores apreendidos ficarão em Campo Grande. De acordo com a delegada, os valores totais podem chegar a R$ 36 milhões, porque o valor varia de acordo com o dólar.

O Crime – Na tarde de 1º de fevereiro, a quadrilha chegou ao galpão na Favela de Vigário Geral, no Rio de Janeiro, arrombou as portas, estacionou seis carretas e depois fugiu com aproximadamente R$ 24 milhões em projetores e acessórios importados, de fabricação belga e americana. Vizinhos testemunharam a ação, mas acreditaram que, devido à tranquilidade e ousadia do grupo, se tratava de expediente normal.

Parte dos produtos, aproximadamente R$ 5 milhões, foi recuperada dentro de um caminhão abandonado em Minas Gerais. A partir de então, a Deco descobriu que outra parte, cerca de R$ 6 milhões, estava armazenada em um galpão localizado na Rua Filomena Segundo Nascimento, no Jardim Itamaracá, em Campo Grande - apreensão foi em 2 de março.

Teve início então a "Operação Projeção", que recuperou o restante no Espírito Santo. Segundo a delegada Ana Cláudia Medina, responsável pelas investigações, o objetivo do bando era levar a carga para o Paraguai, onde trocaria por fuzis que fortaleceriam o poder de fogo dos criminosos que habitam favelas cariocas.

Programa – Os projetores de 3D e 4D pertencem ao “Programa Cinema Perto de Você” do Governo Federal, gerenciado pela Ancine (Agência Nacional de Cinema), em parceria com o BNDES e Caixa Econômica Federal, que prevê o fortalecimento da indústria cinematográfica brasileira a partir da digitalização de 2.800 salas de cinema. O prazo de atualização tecnológica estava previsto para o fim de maio de 2015.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions