A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/09/2009 16:55

Número de CNHs cassadas por embriaguez sobe 60%

Redação

O número de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) cassadas em Mato Grosso do Sul por alcoolemia, ou seja, dirigir embriagado, subiu 60% este ano, em relação a 2008.

O dado foi divulgado nesta manhã pelo diretor-presidente do Detran/MS (Departamento de Trânsito do Estado), Carlos Henrique Santos Pereira.

Ele não revelou dados estatísticos, mas enfatizou que as carteiras apreendidas este ano tiveram o número mais do que dobrado em 2009.

"As autuações mais do que dobraram este ano. Existe a fiscalização, mas as pessoas ainda não entenderam que há a Lei Seca, que há fiscalização e continuam bebendo e dirigindo", declarou, durante a abertura da Semana Nacional do Trânsito, na Assembléia Legislativa.

Para o diretor do Detran, esta é uma mudança cultural, "de atitude".

Diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade acredita que campanhas curtas, com o apoio da mídia, não surtem o efeito esperado. Para ele, somente programas contínuos, como o "Clube do Setinha", ajudam a conscientizar os motoristas.

Hoje, o programa já conta com 100 crianças cadastradas.

Relator da Lei Seca, o deputado federal Hugo Leal (PSC-RJ) acha que a aplicação de mais recursos em educação para o trânsito só vai acontecer quando os governantes e a população realmente se incomodarem com os acidentes e mortes.

"Enquanto continuarmos recolhendo mortos e feridos, e achando que isso é normal, nada vai mudar", disparou, defendendo a aprovação de um plano nacional de segurança viária, visando a redução de acidentes.

A semana

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions