A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/08/2010 16:31

OAB cancela contrato com Cespe após fraude em exames

Redação

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) decidiu rescindir o contrato com a Cespe/UnB (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília), que atualmente é responsável pela elaboração e aplicação das provas do Exame da Ordem. A decisão foi tomada após casos de anulação de questões e fraude nas provas do começo de 2010.

Em nota oficial, a seccional da OAB em Mato Grosso do Sul reproduz decisão do órgão nacional, que aprovou que a FGV (Fundação Getúlio Vargas) fique responsável pela elaboração das questões e aplicação das provas.

Diversas reclamações nas seccionais de todo o Brasil forçaram a decisão da OAB nacional. Na primeira fase do Exame da Ordem, apenas 7% dos candidatos em Mato Grosso do Sul foram aprovados. Com a anulação de 5 questões, o indíce subiu para 17%.

Por conta de fraude na prova da OAB no começo deste ano, 30 pessoas foram indiciadas pela Polícia Federal. A prova aplicada em fevereiro precisou ser anulada, forçando 16 mil candidatos a refazerem o exame.

Em 2007, outro caso de fraude dificultou a aprovação dos bacharéis em Direito que necessitam da aprovação no exame da ordem para exercer legalmente a profissão.

A quadrilha agia em conjunto com pessoas que tinham acesso ao caderno de questões. As respostas eram repassadas por ponto eletrônico durante as provas. Pelas respostas, os candidatos chegavam a pagar R$ 50 mil.

Segundo a assessoria de imprensa da OAB/MS, mais dois exames da ordem devem ser realizados ainda este ano. As inscrições estão previstas para serem abertas ainda no mês de agosto.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions