A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/08/2011 16:25

OAB vistoria presídio da Gameleira e diz que falta privacidade para advogados

Marta Ferreira

Inaugurado há pouco mais de um ano, o Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, onde cumprem pena detentos do regime semiaberto em Campo Grande, recebeu hoje cedo uma vistoria da Comissão de Advogados Criminalistas da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que apontou pelo menos uma irregularidade no local.

A OAB divulgou em seu site que o presidente da Comissão, Luiz Carlos Saldanha Rodrigues, afirmou que o local é “inadequado”, e não oferece privacidade entre os clientes.

A comissão pretende visitar todos os presídios do Estado para verificar, segundo Rodrigues, um acordo firmado em 2009 prevendo a melhoria das instalações.

Conforme a OAB divulgou, um relatório com as falhas encontradas na Gameleira será apresentado ainda este mês e divulgado no site.

A reportagem tentou contato com a assessoria de imprensa da Agepen, e a informação dada é de está havendo uma reunião na direção do órgão.

O presídio-Localizado em área de 50 hectares, o presídio de regime semiaberto tem 7 metros quadrados de área construída. O investimento foi de R$ 7 milhões.

A estrutura tem capacidade para mil presos, em 120 celas.

STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...


Será que a OAB não tem coisa mais importante para se preocupar? Fica se preocupando com privacidade e bem estar de preso...uma coisa é certa, se está lá é porque boa coisa não é.
 
Rosangela Carvalho em 16/08/2011 08:27:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions