A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/08/2009 13:03

Operação do Ibama flagra duas carretas de castanheira

Redação

Operação do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) já flagrou duas carretas carregadas de castanheiras. A ação foi montada para barrar a entrada de madeira ilegal que entra em Mato Grosso do Sul, vinda da Amazônia, pelas cidades de Coxim e Paranaíba.

Segundo o órgão, a maior parte da madeira que entra ilegalmente no Estado vem da região amazônica, portanto, montou-se a operação.

A castanheira, também conhecida como castanha-do-Brasil é a mais famosa espécie nativa da Amazônia.

A castanheira chega a atingir 60 metros de altura e é considerada excelente para aproveitamento industrial.

Em geral, a árvore apresenta tronco reto, muito regular da base à copa. A madeira é resistente, de fácil processamento, e considerada bonita, portanto, pode ser utilizada para a construção civil e naval, assim como para a fabricação de pisos, forros, painéis decorativos, embalagens e compensados.

Estas características levaram à intensa exploração da espécie até à extinção. Por este motivo, o corte de castanheiras nativas foi proibido por meio do decreto 1.282, de 19 de outubro de 1994.

Policiais rodoviários federais também participam da operação, denominada Porteira Fechada. Nos dois dias de trabalho, além dos carregamentos de castanheira, foram apreendidos 48 metros cúbicos de madeira ilegal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions