A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/07/2012 11:03

Para quem vai viajar para SP, pedágios estão mais caros a partir de hoje

Viviane Oliveira

As tarifas dos pedágios cobrados nas rodovias sob concessão no Estado de São Paulo ficam mais caras a partir de hoje (1º). O reajuste é menor que o aplicado em 2011. O sistema Anchieta-Imigrantes é o que terá o maior custo.

O pedágio passará de R$ 20,10 para R$ 21,20 para veículos de passeio, um reajuste de 5%. A tarifa mais barata é a do rodoanel, que subiu de R$ 1,40 para R$ 1,50, reajuste de 7%. Em 85% dos pedágios, o aumento será de até R$ 0,30.

Nas praças em que incide o IPCA (Índice de Preço do Consumidor Amplo), o aumento será de 4,98%. No ano passado, a alta foi de 6,55%.

Já nas rodovias em que o cálculo é feito pelo IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), o reajuste será de 4,26%. No ano anterior, esses valores aumentaram 9,77%.

Cálculo das tarifas - Os critérios de reajuste das tarifas são contratuais. Conforme previsto nos editais de concessão, os índices de correção são aplicados sobre as tarifas quilométricas das rodovias.

Cada praça de pedágio realiza a cobrança por uma determinada extensão em quilômetros da rodovia e, para calcular o valor final das praças, o trecho de cobertura é multiplicado pela tarifa quilométrica.

No começo do ano, o governo havia anunciado que padronizaria o reajuste pelo IPCA - calculado pelo IBGE e usado como padrão para medir a inflação.

Hoje, há contratos com esse índice (assinados após o ano 2008) e outros, mais antigos, que utilizam o IGP-M. Mas, como o IPCA teve variação maior do que o IGP-M, a Artesp (Agência Reguladora de Serviços Delegados de Transporte do Estado de São Paulo) decidiu manter, só mais este ano, os dois índices.

A diretora-geral da Artesp, Karla Bertocco Trindade, explica que o aumento das tarifas será compensado por alterações na Taxa Interna de Retorno - uma garantia de retorno financeiro que as concessionárias têm quando fazem investimento nas rodovias, como obra de ampliação.

A mudança, no entanto, não reduz tarifas. (Com informações do Infomoney e Agência Estado). Confira o valor das tarifas em

Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...


AUMENTO DE PEDÁGIO ! JÁ PAGAMOS TANTO IMPOSTO ! IPVA,LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS ! E O DIREITO DE IR E VIR ? SE VC NÃO PAGA O PEDÁGIO NÃO SAI DO LUGAR ! ESSAS CONCESSIONÁRIAS DE PEDÁGIO , GANHAM UM DINHEIRÃO SÓ NO BRASIL MESMO ! JÁ BASTAM OS POLICIAIS RODOVIÁRIOS ESTADUAIS COM RADARES MÓVEIS EM TRECHOS DESTAS RODOVIAS ! FIM DOS PEDADÁGIOS JÁ !!!
 
CARLOS LIMA SOUZA em 01/07/2012 12:48:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions