A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/01/2008 10:20

Paraguai reforça vacinação na fronteira com MS e PR

Redação

A confirmação de casos de febre amarela no Brasil levou o governo do Paraguai a intensificar a vacinação na fronteira com Mato Grosso do Sul e Paraná. A vacina foi disponibilizada na rede pública de saúde paraguaia, com alerta especial para as pessoas que pretendem viajar ao Brasil.

O Ministério da Saúde do Paraguai tem usado a imprensa local para demonstrar preocupação com a possibilidade de surgimento de casos urbanos, apesar de apenas a versão silvestre ter se manifestado no lado brasileiro. O último registro de febre amarela urbana no Paraguai foi registrado em 1950, justamente "importado do Brasil", garante o ministério paraguaio. Naquele ano três pessoas morreram por causa da doença no departamento de Amambay (PY). A época não bate com os dados divulgados pelo governo brasileiro, que garante ter feito o último registro urbano no Brasil em 1942, quase dez anos antes.

Em Ponta Porã a procura de moradores do lado paraguaio pela vacinação triplicou na última semana, informou a secretaria de Saúde do município. Por esse motivo, aliado a natural procura maior da população brasileira, Ponta Porã solicitou 5 mil doses extras da vacina contra febre amarela a Secretaria Estadual de Saúde.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions