A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

22/06/2009 20:56

Pedro Chaves prevê plano popular e cemitério

Redação

Empossado novo presidente da Santa Casa de Campo Grande, em auditório lotado, o ex-reitor da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal), professor Pedro Chaves dos Santos Filho, apresentou o plano para resgatar o maior hospital do Centro-Oeste, com orçamento anual de R$ 104 milhões, 608 leitos ativos e 2,8 mil funcionários. Somente a dívida, supera R$ 71 milhões.

Apresentando-se como um "otimista incorrigível" e com a meta pessoal de se imortalizar na história da saúde pública de Campo Grande como o restaurador da credibilidade da instituição, sob intervenção do poder público desde 14 de janeiro de 2005, o professor apresentou seu plano de trabalho.

Pedro Chaves prometeu um choque de gestão, com a implantação de pregão eletrônico e a renegociação de débitos com os fornecedores, com a previsão de obter a isenção de multas e juros e ainda reduzir o valor de face dos débitos. A dívida do hospital com fornecedores supera R$ 38,3 milhões, sendo R$ 15,5 milhões apenas com a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul).

Ele reafirmou o compromisso de buscar financiamento junto aos bancos oficiais, como BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Ele pretende obter o financiamento para pagar toda a dívida em 20 anos, mesmo procedimento adotado com os R$ 21 milhões em tributos federais e encargos sociais pela junta interventiva anterior, que resultou em 240 parcelas de R$ 104,8 mil por mês.

Unimed popular

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions