ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

PF defende criminalização de escuta telefônica

Por Redação | 05/09/2008 22:31

Portar aparelho de escuta telefônica pode ser considerado crime caso a sugestão feita pelo O diretor-geral da PF (Polícia Federal), Luiz Fernando Corrêa, seja atendido.

Segundo Corrêa, uma sugestão que pede a proibição do porte de equipamentos de escuta foi encaminhada ao ministro da Justiça, Tarso Genro. Ele disse ainda que parlamentares também receberam o documento. Na avaliação dele, a lei deve proibir a venda de aparelhos como esses encontrados oferecidos até na Internet.

Ainda segundo o diretor da PF, um cidadão não pode ser preso portando equipamentos se for pego em flagrante em interceptação telefônica. Na avaliação de Corrêa, é necessário haver distinção entre atuação legal para produção de provas é espionagem.

As declarações do diretor da PF foram feitas na manhã de hoje em um evento no Rio de Janeiro. (Com informações da Agência Brasil)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário