A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

14/07/2011 23:50

Plano para promover o desenvolvimento produtivo local será lançado em agosto pelo governo, anuncia Dilma Rousseff

Daniella Jinkings, da Agência Brasil

No inicio de agosto, o governo federal vai apresentar um plano de desenvolvimento produtivo local, baseado na inovação tecnológica e no fortalecimento do comércio exterior. De acordo com a presidenta Dilma Rousseff, a exigência de conteúdo local é “fator decisivo para expansão da indústria, do emprego e da renda”.

Para Dilma, a ampliação do crédito, o aperfeiçoamento dos regimes tributários e uma política “vigorosa” de compras governamentais são instrumentos adequados para elevar o nível de conteúdo local da produção brasileira.

“O acirramento dos mercados internacionais impõe a adoção de políticas de fortalecimento da indústria e de estratégias conjuntas entre o setor privado e o governo, com objetivo de ampliar a nossa competitividade [das empresas brasileiras]”, disse a presidenta durante cerimônia de posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (Ciergs).

A presidenta também anunciou que vai aumentar a oferta de crédito e simplificar o acesso aos instrumentos necessários para inovação, a fim de facilitar e melhorar a capacidade inovadora das empresas do país.

Na área de comércio exterior, o governo pretende adotar instrumentos “ousados”. “Vamos fazer uma defesa da indústria contra as práticas protecionistas e desleais que afetam nossas exportações”, disse.

Durante o seu discurso, a presidenta pediu o apoio do setor empresarial para formação de profissionais na área de pesquisa e inovação. Até o fim deste mês, o governo federal pretende lançar o programa Ciência sem Fronteiras, que irá destinar 75 mil bolsas a estudantes de graduação e pós-graduação em áreas estratégicas para especialização em outros países.

“Será muito oportuno que o empresariado brasileiro ajude o país a produzir profissionais na área de pesquisa, inovação. Isso é algo que países emergentes, como a China, estão fazendo sistematicamente nos últimos anos”, declarou a presidenta.

Selecionados do Fies com inscrição postergada devem completar dados
Termina hoje (17) o prazo para os estudantes pré-selecionados em processos anteriores do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), que tiveram a insc...
Propaganda eleitoral paga na internet terá que ser identificada
Com o começo oficial da campanha eleitoral, teve início também a divulgação de publicidade voltada à disputa de outubro. Além dos tradicionais anúnci...
Ninguém acerta a Mega-Sena que acumula e vai pagar até R$ 23 milhões no sábado
A Mega-Sena voltou a acumular no concurso 2069, sorteado nesta quinta-feira (16) e que para o sábado (18) está valendo R$ 23 milhões. O sorteio foi r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions