ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Polícia ainda não tem pistas de assassinos de comerciante

Por Redação | 08/05/2010 08:43

A Polícia Civil ainda tem poucas informações e nenhuma pista dos ladrões que mataram o comerciante Valdemir João da Cruz, de 59 anos, durante assalto ao supermercado dele. O crime ocorreu por volta das 20h no comércio na avenida das Bandeiras, em Campo Grande.

As informações disponíveis até o momento estão restritas ao boletim de ocorrência registrado sobre o caso, que difere da versão da família. Pelo registro, a vítima tentou dominar o ladrão, mas testemunhas dizem que ele foi rendido e agredido e apenas por isso entrou em luta corporal com o bandido.

Registrado no Cepol inicialmente como lesão grave, porque Cruz ainda não havia morrido, o boletim foi atualizado com a informação de que ele havia morrido na madrugada.

Apenas na segunda-feira (10) o caso será transferido à delegacia responsável, a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), e de acordo com o Cepol será investigado como latrocínio.

Como no final de semana as delegacias funcionam em esquema de plantão, não há andamentos nas investigações. No comércio, a informação de funcionários é a de a Polícia não foi vista no local para reunir dados sobre os bandidos.

O delegado do plantão da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Fernando Nogueira, foi procurado para dar detalhes do assunto, mas pediu tempo para se inteirar do caso e procurado novamente não foi encontrado na delegacia, onde informaram que ele havia saido.

Violência

Nos siga no Google Notícias