A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/06/2009 08:43

Polícia encontrou arma, 2,6 mil e jóias com casal morto

Redação

A Polícia Civil apreendeu arma, dinheiro, jóias e diversos outros objetos na residência de Francisco das Chagas Santos Araújo, 50 anos, e Silda de Oliveira Araújo, 47 anos, assassinados nessa terça-feira, na casa deles, no bairro Caiobá, em Campo Grande.

A arma, uma pistola 6,35 com carregador municiado, foi encontrada na cômoda. O dinheiro, R$ 2.622, estava na carteira de Francisco, localizada dentro da bolsa de Silda, no sofá da sala.

Na residência também foram apreendidos três celulares, balança de precisão, documentos, óculos, relógio de pulso e o veículo Celta que estava na garagem.

As fitas adesivas que amordaçavam as vítimas e o saco plástico encontrado ao lado do piso que dá abertura para o fundo falso, também foram recolhidos.

O corpo de Francisco foi encontrado no corredor, entre a sala e o banheiro. Na cabeça havia um tiro. Pelo corpo, diversas facadas. O cadáver de Silda foi encontrado em um dos quartos com diversas facadas. Ambos estavam amordaçados com fitas adesivas. A residência foi deixada completamente bagunçada.

Na casa, de acordo com os policiais militares, havia pegadas de sangue por todos os cômodos, o que leva a crer que a pessoa ou as pessoas que mataram os dois pisaram no sangue e marcaram o chão da casa.

De acordo com relato de testemunhas, o casal foi abordado por homens em uma motocicleta, quando chegavam em casa. Após alguns minutos, por volta de 16 horas, uma vizinha ouviu quatro tiros. Ela esperou o marido chegar em casa e ambos encontraram os corpos, já por volta de 18h.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions