A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

13/05/2009 09:12

Policiais decidem hoje se irão à Justiça ou farão greve

Redação

Daqui a pouco terá início a assembléia dos policiais civis, em Campo Grande, mas tudo sinaliza que há dois caminhos: uma ação na Justiça para que seja cumprido acordo firmado com o governo no ano passado ou a deflagração de greve geral.

O presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Paulo Carvalho, afirma que a proposta do governo não será aceita. Ele considera que houve um jogo de números para driblar o acordo firmado no fim do ano passado.

Segundo ele, o acordo foi gravado. Foi estabelecida a criação da quarta classe de polícia civil e ganho salarial de 20%, mas sobre o piso estabelecido no ano passado, de R$ R$ 1.799,00.

O governo alega que está cumprindo o acordo, além da concessão do reajuste linear, mas, segundo Carvalho, usa como base o piso anterior, de R$ 1.667,40.

Sobre a tramitação do projeto de reajuste dos servidores, incluindo a Polícia Civil, que está na Assembléia, Carvalho afirma que a categoria não vai exercer pressão na Casa. O governador, André Puccinelli (PMDB), tem repetido que se os policiais voltarem a se mobilizar o índice de reajuste será reduzido.

Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions