A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/10/2009 17:10

Policiais federais acabaram presos e traficante solto

Redação

Apontado como pivô da ação que levou à prisão de dois agentes da PF (Polícia Federal), o paraguaio Juan Arnaldo Céspede de Amarilla, 29 anos, não foi preso. Ele tem mandado de prisão em aberto por tráfico, expedido pela Justiça Brasileira, segundo a assessoria de imprensa da Polícia.

A assessoria esclarece que na terça-feira (20/10), o agente especial de 1ª classe, Amilton Moreira e a agente especial de 3ª classe Luciana Correia Rodrigues, estavam na fronteira e, quando viram o foragido, acionaram a Polícia do Paraguai.

Os dois policiais acabaram presos em Capitan Bado, fronteira com Coronel Sapucaia.

Foram encontrados com os agentes dois coletes à prova de balas com emblema da Polícia Federal brasileira, um arsenal, duas pistolas com seus carregadores e 115 balas calibre 5.56.

Também foram apreendidas perucas, câmeras fotográficas, uma pistola Taurus e até uma sub-metralhadora com duplo carregador e mira telescópica, que é capaz de disparar 30 tiros por segundo.

Após pagarem fiança no valor de R$ 2 mil, os agentes foram liberados.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions