A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/07/2011 11:55

Prefeitura de Dourados vai assumir controle das lombadas eletrônicas na cidade

Vanda Escalante e Ítalo Milhomem

Decisão foi anunciada esta manhã pelo governador André Puccinelli

O impasse em torno do funcionamento das lombadas eletrônicas de Dourados, bem como do gerenciamento da arrecadação com as multas aplicadas por meio dos equipamentos, parece ter chegado ao fim.

Hoje (05) pela manhã, durante solenidade na Governadoria e “aproveitando a presença do deputado federal Geraldo Resende, que é de Dourados”, o governador André Puccinelli anunciou que decidiu repassar ao Município a gestão e gerenciamento da arrecadação gerada pelas lombadas eletrônicas.

As lombadas viraram polêmica em Dourados desde abril. O prefeito Murilo Zauith (DEM) decidiu pela suspensão do convênio com o Detran, uma vez que o município não tinha participação na arrecadação das multas.

À época, o diretor-presidente do Detran, Carlos Henrique Santos Pereira, afirmou que a intenção do órgão com as lombadas é reorganizar o trânsito e não gerar arrecadação. Ele chegou a afirmar que caso os equipamentos continuassem desligados, o departamento retiraria as lombadas das vias.

“A empresa não arrecada nada e as multas vão direto para os cofres do Estado”, contestou Carlos Henrique, na ocasião, referindo-se à empresa responsável pelos equipamentos.

Entre os motivos que geraram a insatisfação da prefeitura de Dourados, além da não participação na arrecadação com as multas, está a falta de acesso às informações do sistema de multas, bem como a sinalização precária, danos ao asfalto e locais inadequados para instalação das lombadas.

Ao todo, são 36 lombadas eletrônicas instaladas em Dourados. O prefeito Murilo esteve reunido com o governador na semana passada. A prefeitura ainda não tem data para que os equipamentos voltem a funcionar.

O prefeito informou que, diante da decisão anunciada pelo governador, vai agora conversar com o Detran para acertar o rompimento definitivo do convênio e tomar as providências para que o Município possa contratar o serviço.

(Matéria editada às 12h00 para acréscimo de informações)

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


Dr. Murilo!! Aproveite a oportunidade e eliminem essas máquinas de estorquir as pessoas. As lombadas são colocadas em determinados pontos que só fazem diminuir a velocidade naquele ponto, resultando em coisa nenhuma. Substituam por radares ao longo das avenidas que ai sim, o senhor vai estar protegendo sua população.
 
Jorge Junior em 05/07/2011 12:54:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions