A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/04/2010 12:04

Prefeitura desapropria áreas no entorno do Shopping

Redação

A prefeitura de Campo Grande publicou decreto desapropriando áreas no entorno do Shopping Campo Grande. De acordo com o secretário de Governo, Rodrigo Aquino, a medida é para atender o plano de drenagem da Capital.

Com a constante impermeabilização do solo, a região, às margens do córrego Sóter, é castigada por alagamentos a cada chuva forte. "A prefeitura deu início ao processo de transferência da titularidade da área que vai da curva da avenida Via Parque, desde a Afonso Pena, fechando com a rua Paulo Coelho Machado", explica.

Conforme Aquino, serão desapropriadas áreas em que não houver edificação. Desta forma, imóveis já existentes, como a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, a Bestcomp, a Autobel, serão mantidos, mas não poderão ser ampliados.

Conforme a regra, o terreno onde a Klabin Segall mantém um escritório de vendas deverá ser desapropriado. "Imóveis definitivos serão mantidos. Se for provisório, será desapropriado", salienta Aquino. A prefeitura ainda calcula, por meio da Procuradoria do Município, o valor das indenizações aos proprietários dos terrenos.

"O prefeito [Nelsinho Trad] quis criar disponibilidade áreas para que nós pudéssemos cumprir a legislação no plano diretor de drenagem". A partir de agora, o poder público promete ser rigoroso com novos empreendimentos.

"Vamos ser muito rigorosos na análise de todo e qualquer empreendimento que possa intervir nas questões de drenagem, águas pluviais e mobilidade urbana. Tudo será minuciosamente analisado".

Para atender o plano diretor de drenagem, a prefeitura construiu três barragens no córrego Sóter. O plano é revisto de cinco em cinco anos e 2010 é ano de realizar a atualização.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions