A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/08/2009 15:24

Preso homem que chefiava 2 quadrilhas de roubo a ônibus

Redação

A Polícia acredita que com a prisão de mais cinco acusados de assaltos a ônibus nas rodovias de Mato Grosso do Sul conseguiu acabar de uma só vez com dois grupos que agiam no Estado.

Cinco mandados de prisão expedidos pela Justiça sul-mato-grossense foram cumpridos hoje na cidade de Quirinópolis (GO), todos ligados à quadrilha desarticulada também em Água Clara, no mês passado, aponta a Polícia Rodoviária Federal que atuou em operação conjunta com o Garras.

O bando já confessou 42 assaltos, 12 feitos pelo grupo preso agora - nos dois últimos meses, e outros 30 pela quadrilha descoberta em junho.

Foram presos nesta terça-feira Ademir Rosa Gonçalves, de 47 anos, que se apresentava como decorador de festas; Uerden Burrique Neves de Aguiar, 24 anos,lavador de carros; Carlos Eduardo Marques Ferreira, 27 anos, servente de pedreiro; e as esposas de Urden e de Ademir.

As duas vendiam os produtos, mas os nomes foram preservados pela Polícia porque ainda não foi verificado o grau de envolvimento delas nos roubos.

Ademir é acusado de chefiar os dois grupos, mas nega essa relação.

O fato é que depois da prisão de sete assaltantes em Água Clara, os depoimentos mostraram que os roubos eram planejados em Quirinópolis, por Ademir. O delegado do Garras, Ivan Barreira, passou 10 dias na cidade, onde conseguiu uma foto de Ademir.

No lugar, ele é conhecido como ex-PM de São Paulo e acusado de roubo de cargas. Ao retornar para Campo Grande e apresentar a foto aos presos, os acusados confirmaram o envolvimento de Ademir e os mandados de prisão foram expedidos.

Um dos presos em Água Clara, Marcos Antônio Rocha, de 29 anos, cumpriu pena com Ademir em Três Lagoas, em 2007, por furto.

Com o grupo, os policiais encontraram três revólveres calibre 38 e três veículos utilizados nos assaltos, um é Fiat Palio, de placas NLL4720, de Goiânia (GO) com ocorrência de furto; um Santana, de placas NBH7939, de Quirinópolis; e um Prisma, de placas NDK 6029, também de Quirinópolis.

Na casa dos envolvidos, também foram apreendidas várias mercadorias que são resultado dos assaltos, como roupas, perfumes, bolsas e bebidas.

A PRF informa que parte das mercadorias eram revendidas por Ademir, que atendia os "clientes" na própria residência.

Na lista de produtos encontrados estão mais 21 celulares, além de material comprado por sacoleiros. São bolsas femininas, bolsas infantis, bolsas esportivas, cintos, roupas, bonés, calças, 36 brinquedos infláveis, 32 frascos de sabonete, perfumes e até condicionador da marca Mara Piolho.

Lojinha - Ademir tinha um depósito de produtos roubados em uma casa, com 133 potes de cremes para os pés, 25 hidratantes, óculos, além de eletrônicos como recarregadores para celular, cabos USB, placa de computador, MP4, Ipod , baterias para celular, sensor para estacionamento, controles remoto para som automotivo, relógio de pulso.

Com o bando, foram descobertos ainda documentos como o atestado de

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions