A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/06/2010 11:00

Preso no Paraná bando de traficantes que agia em MS

Redação

Agentes da PF (Polícia Federal) desarticularam uma quadrilha acusada de tráfico de drogas. Ao todo, 15 pessoas foram presas no Paraná e são suspeitas de agir na região de fronteira, inclusive em Mato Grosso do Sul.

Segundo matéria do site O Globo, o grupo era investigado havia cinco meses e agia, segundo a Polícia, nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, principalmente nas cidades paranaenses de Foz do Iguaçu e Guaíra e em Mundo Novo (MS). A quadrilha vendia drogas no varejo e também mandava carregamentos em caminhões frigoríficos para Curitiba.

Cerca de 50 policiais participaram da operação "Cannabis Cold", que além dos l5 mandados de prisão, cumpriu 11 de busca e apreensão. Foram recolhidos 120 quilos de maconha, 2 quilos de crack, pequena porção de cocaína, pontos de LSD, um automóvel Golf, uma carreta frigorífica, documentos e computadores.

De acordo com o delegado Julio Reis, a investigação foi centralizada em Toledo, no Paraná, onde parte da droga era vendida pela quadrilha. Uma carreta frigorífica foi apreendida em Cascavel com maconha, e inspirou o nome da operação.

O entorpecente saía de Foz do Iguaçu escondido na câmara fria para enganar a polícia. Uma quantidade ficava em São Miguel do Iguaçu e em Santa Helena e a maior parte ia para Pinhais na Região Metropolitana de Curitiba - explicou o delegado.

Durante os cinco meses de investigações a policia monitorou e fotografou parte do bando em ação. O grupo foi acompanhado quando usava a ponte de Guaíra como rota para negociar a droga na região de Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul. As investigações continuam para apurar o envolvimento de mais pessoas ligadas à quadrilha.

Algumas informações dão conta que parte do grupo atuava na troca de cheques recebidos nas transações.

Existe a possibilidade de membros da quadrilha lavarem dinheiro com o que arrecadavam na venda da droga. No decorrer das investigações podem ocorrer mais prisões - disse o delegado.

Todos os presos foram indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e formação de quadrilha. Foram detidos: Ronie Peres Peres, 29 anos; Salete Machado, 37; Fernando Alves Batista, 30; Odair Aparecido da Silva, 33; Fernando Vazatta, 28; Vinicius Eduardo Guiss, 24; Sebastião Varella Ortiz, 45; Adriano Andrade, 30; Claudemir Jose Tem Pass, 32; Celso Luiz Vogel, 34; Liceu Inácio Vogel, 38; André Santana Guimarães, 24; Celso Aparecido da Silva, 34; Elisabeth Longo, 36 e Jassiara Cássia Ortiz, 20.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions