ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  24    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Preso no Paraná bando de traficantes que agia em MS

Por Redação | 02/06/2010 11:00

Agentes da PF (Polícia Federal) desarticularam uma quadrilha acusada de tráfico de drogas. Ao todo, 15 pessoas foram presas no Paraná e são suspeitas de agir na região de fronteira, inclusive em Mato Grosso do Sul.

Segundo matéria do site O Globo, o grupo era investigado havia cinco meses e agia, segundo a Polícia, nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, principalmente nas cidades paranaenses de Foz do Iguaçu e Guaíra e em Mundo Novo (MS). A quadrilha vendia drogas no varejo e também mandava carregamentos em caminhões frigoríficos para Curitiba.

Cerca de 50 policiais participaram da operação "Cannabis Cold", que além dos l5 mandados de prisão, cumpriu 11 de busca e apreensão. Foram recolhidos 120 quilos de maconha, 2 quilos de crack, pequena porção de cocaína, pontos de LSD, um automóvel Golf, uma carreta frigorífica, documentos e computadores.

De acordo com o delegado Julio Reis, a investigação foi centralizada em Toledo, no Paraná, onde parte da droga era vendida pela quadrilha. Uma carreta frigorífica foi apreendida em Cascavel com maconha, e inspirou o nome da operação.

O entorpecente saía de Foz do Iguaçu escondido na câmara fria para enganar a polícia. Uma quantidade ficava em São Miguel do Iguaçu e em Santa Helena e a maior parte ia para Pinhais na Região Metropolitana de Curitiba - explicou o delegado.

Durante os cinco meses de investigações a policia monitorou e fotografou parte do bando em ação. O grupo foi acompanhado quando usava a ponte de Guaíra como rota para negociar a droga na região de Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul. As investigações continuam para apurar o envolvimento de mais pessoas ligadas à quadrilha.

Algumas informações dão conta que parte do grupo atuava na troca de cheques recebidos nas transações.

Existe a possibilidade de membros da quadrilha lavarem dinheiro com o que arrecadavam na venda da droga. No decorrer das investigações podem ocorrer mais prisões - disse o delegado.

Todos os presos foram indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e formação de quadrilha. Foram detidos: Ronie Peres Peres, 29 anos; Salete Machado, 37; Fernando Alves Batista, 30; Odair Aparecido da Silva, 33; Fernando Vazatta, 28; Vinicius Eduardo Guiss, 24; Sebastião Varella Ortiz, 45; Adriano Andrade, 30; Claudemir Jose Tem Pass, 32; Celso Luiz Vogel, 34; Liceu Inácio Vogel, 38; André Santana Guimarães, 24; Celso Aparecido da Silva, 34; Elisabeth Longo, 36 e Jassiara Cássia Ortiz, 20.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário