A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/03/2010 07:03

PRF flagra desvio de combustível e prende quatro pessoas

Redação

Um esquema de desvio de combustível foi desbaratado nesta madrugada pela Polícia Rodoviária Federal. Quatro homens foram flagrados e presos.

Dois são motoristas de empresas que transportam combustívei e os outros dois receptadores: o arrendatário de um posto de gasolina na BR-262 e o proprietário de uma borracharia que fica no local.

Segundo as informações divulgadas pela PRF, o grupo usava um equipamento chamado "chupa-cabras" para transferir combustível do caminhão-tanque de transportadoras sem danificar o lacre.

O flagra foi dato no Auto Posto Garcias, em Três Lagoas, por volta da 1h, durante averiguação de denúncias que apontavam a aquisição irregular de combustíveis pelo estabelecimento.

Segundo a PRF, durante a madrugada foram avistados dois veículos, que entraram no pátio do posto. Com o uso do chupa-cabra, o grupo retirou dos caminhões-tanque uma quantidade próxima de 200 litros.

Esse combustível, segundo a PRF apurou, era revendido, a preços muito próximos dos de mercado. Na borracharia existente no posto foram encontrados 250 litros de óleo diesel, distribuídos em oito galões.

Os envolvidos, cujos nomes não foram divulgados, foram presos por furto de combustível. Com eles, foram encontrados dois equipamentos que usam usados para cometer o crime.

A PRF desconfia que o esquema já vem sendo utilizado há bastante tempo. O que provocou as denúncias foi a má qualidade do combustível comercializado, pois além de furtar o produto, eram feitas misturas irregulares.

Segundo a explicação da PRF, os maiores lesados são as empresas transportadoras, que tem pequenas quantidades de combustível retiradas ao longo do trecho das entregas e nem sempre isso é percebido.

Um caminhão-tanque leva em média 27 mil litros de combustível e normalmente são retirados de 200 a 500 litros, quantidade que, conforme a densidade do produto ao longo do dia costuma não ser percebida.

Além do crime de furto, os homens presos podem ser enquadrados em crime contra a economia popular. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento à Comunidade)de Três Lagoas.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions