A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/08/2009 15:34

Procura por médicos em postos de saúde aumenta até 148%

Redação

A demanda por atendimento médico nos centros regionais de saúde 24 horas de CampO Grande teve aumento de até 148% em relação ao mesmo período do ano passado em decorrência da pandemia de gripe suína, como é conhecida a doença causada pelo vírus H1N1, conforme levantamento da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Na segunda-feira passada, as nove unidades atenderam 4.182 pessoas, aumento de 89,4% em relação as 2.207 contabilizadas no mesmo dia do ano passado. O aumento foi ainda mais expressivo no dia 3 deste mês, de 148%, de 1.677 para 4.172.

Segundo dados da diretora de Vigilância em Saúde da Sesau, Ana Lúcia Lyrio de Oliveira, o maior crescimento aconteceu na centro de saúde do Bairro Aero Rancho, que cresceu 61%. De 1º a 20 deste mês foram 8.124 doentes, contra 5.038 no mesmo período do ano passado.

A demanda cresceu 60% no centro de saúde do Bairro Tiradentes, de 4.492 para 7.192. Na Vila Almeida, a demanda aumentou 52%, de 7.070 para 10.810. Também houve crescimento nas unidades do Coronel Antonino (43%, de 7.360 para 10.536), da Coophavila 2 (43%, de 4.830 para 6.946), Universitário (39%, de 4.739 para 6.594), Nova Bahia (30%, de 4.747 para 6.187) e Moreninha (40%, 3.896 para 5.461).

Déficit - O centro de saúde do Bairro Guanandi apresentou o menor crescimento neste período, de 7,9%, de 7.986 para 8.620. Uma das causas pode ser a falta de médicos.

Um dia deste mês, a reportagem do Campo Grande News constatou que pacientes foram dispensados da unidade por falta de médicos. Pacientes foram encaminhados para o centro do Conjunto Aero Rancho. Na ocasião, a prefeitura informou que médicos estavam de atestado por causa da gripe.

Gripe - A quantidade de casos de gripe contabilizada na rede pública de saúde teve aumento de 60% entre junho e agosto deste ano. Foram 32.973 pessoas com os sintomas doença neste mês, em 20 dias, contra 20.586 no mês de junho. No mês passado, foram 26.275 casos.

Já o número de pacientes com outras doenças caiu 19%, de 5.807 em junho para 4.691 neste mês.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions