A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/02/2010 12:37

Professor de escola particular quer aumento de até 15%

Redação

O Sintrae (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino no Mato Grosso do Sul) protocolará pedido de reajuste salarial de 10% a 15%. O novo valor deve vigorar a partir de março deste ano.

Eles querem reajuste de 10% para quem recebe acima do piso e de 15% sobre o piso. Ricardo Martinez Froes, presidente do Sintrae, disse que o percentual solicitado não é alto. Ele justificou que o salário base da categoria está entre os cinco mais baixos do País.

O presidente da Funlec (Fundação Lowtons Educação e Cultura), Mafuci Kadri, informou ao sindicato de que irá conceder correção salarial de 10% a todos os funcionários.

Para Ricardo Froes, com essa decisão "o presidente da Funlec demonstra que valoriza os trabalhadores". Ele disse que outras escolas já deram sinal de que vão conceder reajustes acima do índice da inflação acumulado nos últimos 12 meses.

STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions