A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

31/03/2010 09:56

Promotoria apura se Conselho Tutelar falhou com criança

Redação

A 46ª Promotoria da Infância informou, através de sua assessoria, que instaurou procedimento para investigar se houve falha do Conselho Tutelar no caso da menina Rafaela, de 3 anos, que morreu no dia 28 de fevereiro, após ser vítima de espancamento.

Funcionários dos dois conselhos serão ouvidos e o procedimento de investigação deve ser concluído em 90 dias. Foi confirmado que moradores vizinhos já haviam acionado os conselheiros que, inclusive, confirmaram que acompanhavam a criança e que constataram sinais de que ela era agredida.

O laudo necroscópico aponta que a menina sofreu por pelo menos 24 horas antes de morrer, por conta do espancamento. Ela teve um ferimento no cérebro e, apesar do sofrimento da criança, a mãe e o padrasto não procuraram socorro a tempo de impedir a morte.

A mãe da menina Renata Dutra de Oliveira, de 22 anos e o padrasto Handerson Cândido Ferreira, de 25 anos, foram presos em flagrante e indiciados pela morte da criança.

Em MS, 196.191 condutores podem pedir CNH digital gratuitamente
Dos 1.134.551 condutores habilitados em Mato Grosso do Sul, 196.191 já possuem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com QR Code e podem solicitar...
Ladário é a primeira cidade a receber Carreta da Justiça em 2018
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi retomado nesta segunda-feira (22), c...
Prefeitos mobilizam Assomasul por adiamento do ano letivo no Estado
Com estradas destruídas pela chuva, prefeitos de 21 municípios pressionam a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) para requerer...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions