A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/09/2009 16:22

Quarenta dias depois, MPE faz coletiva sobre Owari

Redação

Quarenta dias depois de receber os inquéritos da Polícia Federal, o MPE (Ministério Público Estadual) vai se pronunciar nesta quinta-feira sobre a Operação Owari, que levou 42 pessoas para a prisão no dia 7 de julho deste ano, entre elas políticos, servidores públicos e empresários de Dourados, Naviraí e Ponta Porã.

A assessoria do MPE distribuiu nota à imprensa na tarde desta terça-feira informando que o procurador-geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, Miguel Vieira da Silva, vai se reunir com alguns dos promotores de Justiça responsáveis pela operação e depois haverá entrevista coletiva. A reunião será no auditório Nereu Aristides Marques, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Campo Grande.

Desencadeada pela PF após dois anos de investigação, a Operação Owari desmantelou o esquema de fraude em licitações montado por duas organizações, uma comandada pela família Uemura e outra chefiada pelos irmãos Eduarte e Everaldo Dias Leite.

Os inquéritos foram concluídos no dia 30 de julho e entregues pelo delegado da PF Bráulio Cezar Galloni ao MPE em Dourados. Até agora, nenhuma das 73 pessoas indiciadas foi denunciada pelo Ministério Público.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions