A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

26/11/2011 10:14

Quase um terço de lotes da reforma agrária no Estado estaria irregular

Edmir Conceição

Incra lança neste domingo campanha contra venda de lotes. Quem compra área irregular perde dinheiro e responde a processo

Lançada sexta-feira, começou a ser veiculada neste domingo campanha do Incra para coibir a venda irregular de lotes em assentamentos rurais. O maior número de irregulares está na região Centro Oeste, segundo levantamento do Incra realizado entre maio e agosto. Os dados foram processados nos últimos dois meses.

Em Mato Grosso do Sul o levantamento da situação ocupacional abrangeu 11.186 lotes de 69 assentamentos, sendo constatado que 8.102 (72,43%) beneficiários residem ou exploram seus lotes de forma regular. O trabalho de vistoria apontou irregularidades em 3.084 lotes (27,5%), quase um terço.

No Estado, a vistoria foi realizada entre os meses de maio e julho deste ano em 16 municípios: Amambaí, Anaurilândia, Angélica, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Tacuru e Taquarussu.

De acordo com o Incra, desde 2003, em todo País, 128 mil lotes foram retomados por ocupação irregular.

Entre janeiro a outubro deste ano, o Incra vistoriou 21.287 lotes situados em 13 estados e no Distrito Federal. Até julho. De janeiro de 2001 a julho deste ano, 103.543 beneficiários foram excluídos da reforma agrária, sendo 36.592 exclusões motivadas por negociações ilegais da terra nua ou das benfeitorias.



tudo isso o que foi publicado nos jornais, tv e radios, são poucos diante das barbaridades que vem acontecendo no assentamento caracol em bela vista ms, onde mais de 50% dos lotes pertencem a pessoas estranhas vidos do outros municipios, onde ocupam reservas legal com plantações e criações da gados, é tambem mandatos judiciais não foram cumpridos. Tem muito mais. confiram por favor.
 
EUGENIO BENITES em 20/03/2012 07:55:26
Todos os loteamentos estão mal fiscalizados. Os que tem o dever de acompanhar e dar condiçãoes aos assentados se fazem ausentes e por isso a prática do mau uso ou do não uso se faz uma prática.
 
Nadir Giacomini em 28/11/2011 11:27:03
É incrível mesmo o poder de percepção do nosso governo. Deve ser mania de [ex] presidente e seus subordinados que 'nunca sabem de nada'... A venda ilegal de lotes em assentamentos é prática REGULAR. Nem mencionaram visita a Sidrolândia, com mais de 4.000 lotes de assentamento e onde já constatei pessoalmente que além de venda de imóveis, tem lotes que NUNCA foram habitados (o mato já toma conta).
 
Luis Otmar em 28/11/2011 08:53:07
Agora o melhor a fazer é ver os lotes que estao efetivamente produzindo e regularizar em favor de quem realmente está trabalhando e produzindo encima da terra. porque, retomo a pergunta, vai tomar e dar pra quem? Pra pessoa que irao vender de novo?....
 
Jose Antonio Pacheco em 27/11/2011 11:59:21
Muita gente que comprou lote esta trabalhando e produzindo encima do mesmo. Vai tirar esse pessoal, tomar o lote e fazer o que?...Quem errou foi o próprio incra e o governo em fazer uma reforma agrária mal planejada, nao dando assistencia eficiente/eficaz aos assentados ou dando lotes a quem nao tinha o perfil adequado de lidar com a pequena agricultura/agricultura familiar.
 
Jose Antonio Pacheco em 27/11/2011 11:55:35
Agora que o incra descobriu isto? Conta outra, isso já sabiam a muitos anos.......huhuhauhuahua
 
Cláudio Oliveira em 26/11/2011 11:28:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions