A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/10/2009 11:10

Rapaz pega 14 anos de prisão por assassinato de garoto

Redação

O pintor Ronan de Almeida de Souza, 22 anos, foi condenado a 14 anos e seis meses de reclusão por ter matado Renan de Arruda Moraes Lili, que tinha 16 anos, em 2006, em Campo Grande.

O julgamento dele foi realizado nessa quarta-feira. De acordo com decisão do juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Ronan pode recorrer da decisão em liberdade.

O co-acusado do crime, o vigilante Jackson da Silva Bazana, 26 anos, foi absolvido.

O assassinato aconteceu no dia 14 de abril, no bairro Santa Mônica. Renan foi morto na frente da namorada e de dois amigos.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions