A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/01/2008 13:44

Rapaz preso dirigindo embriagado diz ter aprendido lição

Redação

Uma fiança de R$ 700,00 para sair da prisão, processo por dirigir emgriado e uma resolução de começo de ano. Foi o que rendeu a festa de reveillon de 2008 para Adriano Paes Duraes, preso em flagrante nesta madrugada, depois de ser denunciado à PRF (Policiais Rodoviários Federais) por passageiros de um ônibus. A prisão ocorreu por volta de 1h30, na BR-163, em Jaraguari. Até o início da tarde, Duraes ainda estava na delegacia, aguardando a liberação depois de ter pago fiança.

Em entrevista ao Campo Grande News , Duraes admitiu ter bebido, e disse que além do álcool estava com sono. Afirmou também estar bastante arrependido de ter pego a estrada sem condições para isso. Ele diz que reconhece que colocou em risco a propria vida e de outros, ao pegar a estrada depois de ter bebido cerveja, durante uma festa em celebração ao novo ano.

Confessa que fazia zigue-zagues pela pista, como disseram as pessoas que o denunciaram, mas nega que tenha tocado por duas vezes no ônibus.

Funcionário de um supermercado em Campo Grande, o rapaz disse que foi a Coxim, na região norte do Estado, para comemorar a chegada de 2008, e só pegou a estrada após ter bebido porque tinha de trabalhar hoje. O prejuízo foi duplo: além da prisão, perdeu o dia de trabalho e vai ter que se explicar com o patrão. Diante do ocorrido, Duraes diz que aprendeu a lição. Dirigir depois de beber, afirma, "nunca mais".

O teste de alcoolemia feito pelos policiais apontou que Duraes tinha 0,47 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, conforme a medição do etilômetro. Resolução do Contran (Conselho Nacional de Trãnsito) sobre o assunto aponta que uma medida acima de 0,3 mg é considerada embriaguez.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions