A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/03/2010 17:00

Santa Casa licita a construção do Hospital do Trauma

Redação

Dois anos depois de negociação, a Santa Casa de Campo Grande lançou hoje o edital de licitação para a construção do Hospital do Trauma, voltado especificamente para atender vítimas de acidentes de trânsito e outros traumas.

O edital prevê a abertura das propostas no dia 4 de maio deste ano. O valor máximo previsto para a obra é de R$ 6.906.147,09. O dinheiro foi liberado pelo Ministério da Saúde, que aprovou a transformação da obra inacabada da maternidade e hospital infantil, na Rua 13 de Maio, em unidade do trauma.

Conforme a assessoria, o Hospital do Trauma terá 97 leitos de internação, 18 de observação, 12 para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e três para isolamento. Também serão construídos cinco salas de cirurgia e espaços para exames de raio-X, ressonância magnética, farmácia e outros.

Sonho -O secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, quer construir o Hospital do Trauma, que deverá entrar em operação em 2011, para desafogar o atendimento de urgência e emergência de Campo Grande, sobrecarregado com o atendimento das vítimas de acidente de trânsito, principalmente, motociclistas.

A obra começou em 2002, quando a Santa Casa pretendia construir uma maternidade com 130 leitos. No entanto, a área é considerada bem atendida na cidade com o Hospital da Mulher, na Moreninha, a Maternidade Cândido Mariano e as alas da Santa Casa, Hospital Universitário e Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian.

A transformação teve aval do Ministério Público Federal e do Ministério da Saúde. No edital lançado hoje, a proposta prevê reforma e ampliação da Santa Casa. O hospital está sob comando de um junta interventora desde 14 de janeiro de 2005, quando a Associação Beneficente de Campo Grande foi afastada do comando pela prefeitura e depois pela Justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions