ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Cidades

Secretária diz que Força Nacional só vai agir na fronteira em casos extremos

Por Leonardo Rocha | 28/11/2013 12:11
Secretária diz que não há indícios desta necessidade nas fronteiras, mas que Força Nacional estará preparada (Foto: Cleber Gellio)
Secretária diz que não há indícios desta necessidade nas fronteiras, mas que Força Nacional estará preparada (Foto: Cleber Gellio)

A secretária nacional do Ministério da Justiça, Regina Mikki, afirmou que a utilização da Força Nacional durante a Copa do Mundo, na região de fronteira, só será feita em casos extremos ou se for detectada a necessidade de sua presença na região.

“Não existe nenhum planejamento neste sentido, mas como sempre ressaltamos que a Força Nacional estará preparada para qualquer intervenção, se for necessário”, destacou.

Mikki ainda ressaltou que até o momento não há indícios desta necessidade da região, que já é supervisionada pelas autoridades competentes.

“Temos a Polícia Federam que faz o serviço de inteligência na área, além da atuação do governo estadual”, ponderou.

A secretária esteve em Campo Grande participando da entrega de mais 80 viaturas, além de pistolas e equipamentos para serem usados na região de fronteira, em um total de R 20,2 milhões em convenio com o governo estadual, por meio do Enafron (Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras).

Nos siga no Google Notícias