A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/02/2010 15:09

Segunda fuga de Hospital mostra fragilidade na segurança

Redação

Aelinton Amaro Pinto, de 27 anos, o "Playboy", apontado como um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Campo Grande, já tem um histórico de fugas cujo cenário é o mesmo: o hospital. Hoje o detento fugiu do Hospital Regional, que recebe diariamente internos dos estabelecimentos penais da Capital.

O detento foi levado do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima esta tarde ao Regional, acompanhado de outros quatro internos. Enquanto outros três internos eram examinados na sala de radiografia na companhia de um policial, Aelinton e outro fugitivo, ainda não identificado, renderam o único PM que os acompanhava. A ação aconteceu por volta das 14h40. Segundo agentes, os dois estavam algemados no momento da fuga.

Os dois levaram a arma do policial e fugiram em direção ao estacionamento que fica em frente ao pronto-socorro. No local renderam Adilson Santos da Silva, de 63 anos, funcionário publico, que levava seus dois sobrinhos para exames no Hospital Regional.

Segundo Adílson, os bandidos encostaram no carro assim que ele estacionou o veículo, um corsa verde. Os dois renderam o funcionário público, pegaram a chave do carro e deram uma coronhada em seu rosto.

"Nunca havia sido assaltado antes. Ainda bem que não aconteceu nada de grave e graças a Deus eu estava sozinho", afirma Adilson, tentando encontrar alívio depois do roubo. Ele havia acabado de deixar o sobrinho de seis anos para tratamento contra a dengue e a sobrinha de 16 anos que fazia acompanhamento pré-natal no Hospital.

Da primeira vez. Playboy fugiu do Hospital Universitário, onde estava internado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions