A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/01/2008 11:31

Seis cursos de pedagogia terão que explicar notas baixas

Redação

Seis cursos de graduação em Pedagogia de Mato Grosso do Sul estão entre os 49 do País que passarão por revisão do MEC (Ministério da Educação). Todos tiveram obtiveram conceitos insuficientes no Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) e no IDD (Índice de Desempenho Desejável).

Agora, os responsáveis pelos cursos de pedagogia oferecidos na Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento da Região e do Pantanal), Faculdades Integradas de Paranaíba, Faculdades Integradas de Naviraí, Faculdades Integradas de Fátima do Sul, Faculdades Integradas de Cassilândia e Faculdade de Pedagogia, em Nova Andradina, têm que explicar ao MEC o porquê do baixo desempenho e apresentar soluções para o problema.

Cada caso será avaliado individualmente pela Secretaria de Educação Superior do MEC, que definirá as medidas que devem ser adotadas. Os seis cursos receberam nota 2 no Enade e no IDD.

Recebeu a mesma nota nas duas avaliações o curso Normal Superior das Faculdades Integradas de Naviraí. Foi o único do Estado na relação de 11 de todo o País, e também será supervisionado pelo MEC.

A relação com os 60 cursos superiores foi divulgada nesta sexta-feira (18 de janeiro) pelo MEC. No início da semana o MEC divulgou uma lista com 29 cursos de Direito que serão supervisionados. Nenhum é oferecido no Estado.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions