A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/09/2010 10:00

Serviço compara preços de 250 produtos cardiovasculares

Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou hoje (14) um banco de dados com informações de produtos para a saúde comercializados no país.

A ferramenta permite que gestores, profissionais de saúde e outras pessoas interessadas comparem preços cobrados no Brasil e no exterior de itens como marcapassos e stents (tubos utilizados para tratar o entupimento de artérias).

De acordo com diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo, o projeto começou a ser desenvolvido em 2006. "Diferentemente dos medicamentos, na área de produtos para a saúde, existe uma desorganização do mercado. Os preços praticados não são uniformes", explicou.

O banco de dados é parte de um acordo de cooperação técnica com a Agência Nacional de Saúde (ANS), que vai repassar as informações para operadoras de planos de saúde. O objetivo é evitar a compra de produtos com preços superiores aos praticados no mercado.

O diretor-presidente da ANS, Maurício Ceschin, lembrou que a Anvisa é a maior agência reguladora do país e que a ideia de as agências se unirem em prol do consumidor brasileiro tende a prosperar. Segundo ele, uma das questões consideradas cruciais é o nível de informação a que o cidadão tem direito para que possa tomar decisões.

"[O banco de dados] é um primeiro passo, vai trazer à luz uma questão que tínhamos dificuldade: como são comercializados, quais as margens e as condições de preço de materiais especiais no país", disse. "

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions