ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  18    CAMPO GRANDE 16º

Cidades

Servidores da saúde decidem parar atividades em agosto

Por Redação | 18/07/2008 16:45

Em assembléia na tarde de hoje, em frente ao HR (Hospital Regional Rosa Maria Pedrossian), cerca de 300 servidores estaduais da saúde decidiram paralisar as atividades por 24 horas em agosto, um dia após o recebimento dos salários. Caso não haja negociação nesse período, a categoria avisou que pode parar por tempo indeterminado, dez dias depois.

Conforme o presidente do Sintss (Sindicato dos Trabalhadores da Seguridade Social), Júlio César das Neves, foram votados os três pontos elencados na última assembléia dos funcionários, realizada na semana passada, e todos foram acatados pela categoria.

Além da paralisação, ficou acertado que os servidores recusam qualquer tratamento diferenciado dispensado à categoria médica, em detrimento dos outros setores. Esse ponto diz respeito à negociação que os médicos vêm fazendo com o governo de Mato Grosso do Sul para reajuste salarial, sendo que o sindicato compreende que os aumentos devem ser lineares para todos os servidores da saúde.

Os sindicalizados definiram, ainda, que exigem a aplicação imediata da lei que coloca em vigor o Plano de Cargos e Carreiras para a categoria.

Neves informou que a decisão será entregue na semana que vem às autoridades por meio de notificação escrita. Serão comunicados o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública do Estado, a Secretaria de Estado de Saúde, a Assembléia Legislativa e o governo do Estado.

Hospital fechado

Nos siga no Google Notícias